Orçamento e plano de atividades para 2013 foram aprovados na Assembleia de Freguesia de S. Martinho de Bougado. José Sá anunciou a intenção de fazer um novo alargamento no cemitério.

 A Assembleia de Freguesia de S. Martinho de Bougado aprovou o orçamento da Junta para 2013, com os votos contra do PSD. A maioria dos elementos socialistas viabilizou um documento mais comedido no orçamento corrente e mais ambicioso no orçamento de capital, relativamente ao projetado para 2012.

Dos 285 mil euros que o executivo liderado por José Sá prevê gastar em despesas de capital, a maior fatia vai para os viadutos, arruamentos e obras complementares: 206.500 euros.

Ao apresentar o plano de atividades para o próximo ano – que mereceu os votos a favor do PS e abstenção do PSD – o presidente da Junta de Freguesia anunciou a pretensão de proceder a um novo alargamento do cemitério, já que depois da última obra de ampliação em 2010, das “170 sepulturas que foram criadas, apenas cerca de 50 estão livres”. “Temos uma verba para aquisição de uma área de terreno para alargamento, que resolverá o problema para muitas décadas”, afirmou, ressalvando que “os anos de crise” que se aproximam “talvez não possibilitem pensar na construção de um cemitério de raiz”.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

{fcomment}