Numa assembleia em que faltaram três elementos, Domingos Faria, do PS, foi o único que votou contra o orçamento e PPI de Covelas para 2013. PSD viabilizou documentos.

 Numa assembleia que visava a aprovação do orçamento e Plano Plurianual de Investimentos (PPI), só seis dos nove elementos que devem compor a Assembleia de Freguesia de Covelas marcaram presença. Com a ausência de Nicolau Silva, o CDS não teve representação, enquanto o PS só contou com um elemento, Domingos Faria.

“Apresento este plano, mas digo já que não vou conseguir cumpri-lo”. Foi desta forma que Fernando Moreira, presidente da Junta de Freguesia de Covelas, anunciou as obras projetadas para 2013. “Vou falar sério. Não há dinheiro e sem ovos não se fazem omeletas. Estas obras são as essenciais e se as fizer todas será muito bom”, complementou.

O orçamento, que foi aprovado com cinco votos favoráveis do PSD e um voto contra do PS, prevê arrecadar 114.773 euros de receitas correntes e 46.657 mil euros de receitas de capital. O executivo prevê poupar cerca de 30 mil euros em despesas correntes e canalizá-los nas despesas de capital. 

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.
{fcomment}