Uma perseguição policial, que começou em Vila do Conde, só terminou na Trofa, ao final da manhã desta quarta-feira, com a detenção de três indivíduos pela GNR. Quatro indivíduos, com idades entre os 19 e 21 anos, que fugiam dos militares da GNR do concelho vizinho, foram bloqueados por um camião na Rua dos Jarretes, em Santiago de Bougado e ainda tentaram fugir a pé. 

Os quatro indivíduos, que estiveram envolvidos num assalto no concelho de Vila do Conde, foram seguidos até à Trofa pelos militares da GNR, mas no caminho deixaram para trás a viatura onde seguiam, da marca Honda CRX, furtada na zona de Estarreja.

Segundo a notícia avançada pelo Jornal de Notícias, “as autoridades acreditam que o trio, na companhia de um quarto indivíduo – que conseguiu fugir – preparava-se para assaltar, ao final da manhã, uma ourivesaria em Gião, Vila do Conde”.

Foi nas imediações do estádio do CD Trofense, na Rua dos Jarretes, em Santiago de Bougado e, segundo os populares que se encontravam no local e que preferiram não se identificar, que “o carro vinha a alta velocidade a ser seguido pela GNR, mas quando chegou aqui estava um camião no meio da rua e eles saíram do carro e fugiram a pé, ainda deixaram uma arma caída”, contou uma das testemunhas.

Segundo as testemunhas no local, os militares ainda seguiram os indivíduos, que avançaram o muro de uma habitação perto da mesma rua, deixando para trás uma pistola, mais tarde apreendida pelas autoridades, juntamente com os gorros e as luvas.

No local, a recolher indícios, esteve o Núcleo de Investigação Criminal de Santo Tirso, a GNR da Trofa e a GNR de Vila do Conde. Mais tarde três dos quatro indivíduos, dois residentes em Valbom (Gondomar) e outro no Porto, acabaram por ser detidos numa residência e entregues à Polícia Judiciária. O quarto indivíduo, que conseguiu fugir, terá seguido para o Porto num táxi, segundo o JN.