Através de um posto móvel, os seniores do concelho poderão depositar os seus “problemas, pedidos de ajuda, queixas e sugestões”, que posteriormente serão encaminhados para os serviços municipais. Objectivo é alertar e apoiar os idosos para os seus direitos e deveres enquanto consumidores.

No Centro de Dia da ASCOR – Associação de Solidariedade Social do Coronado – existe um novo cantinho, que poucos minutos depois de ser inaugurado, já atraía a atenção dos primeiros “consumidores idosos”. Junto à caixa ainda por estrear, um cartaz alerta as consciências mais velhas para a publicidade enganosa e pede o máximo cuidado na hora de comprar.

Ao abrigo do protocolo assinado entre a autarquia trofense e a ASCOR, o Cantinho do Consumidor Idoso foi inaugurado em prol do apoio aos consumidores seniores do concelho. Sendo este “mais um espaço de apoio ao idoso” na “lógica do consumidor”, Joana Lima, presidente da Câmara Municipal da Trofa, sublinhou que o objectivo desta valência em matéria de consumo é “perceber quais são as dificuldades do idoso ao longo da sua vida”, pois “muitos deles têm pouca formação e celebram contratos que depois têm alguma dificuldade em anular”.

Com a descentralização deste serviço prestado pela autarquia, através do Centro Municipal de Informação ao Consumidor, os seniores das freguesias limítrofes do concelho passam a inteirar-se dos seus direitos e deveres enquanto consumidores e, para Joana Lima, esta “é uma forma de os alertar e ajudar em caso de celebrarem contratos ilícitos em qualquer momento”.

cantinho-consumidor-idoso

A edil trofense explicou que, através de um posto móvel, este serviço é “dirigido a todos os seniores do concelho”, que poderão depositar os seus “problemas, pedidos de ajuda, queixas e até sugestões”, que posteriormente serão encaminhados para os serviços municipais para serem analisados e tratados.

Também para Guilherme Ramos, presidente da ASCOR, esta nova valência, implementada pela autarquia, vem alargar novas oportunidades à população mais desprotegida em matéria de consumo. “Cada vez mais é necessário criar este tipo de resposta para que junto dos mais idosos seja possível esclarecê-los e dar-lhes a oportunidade de se manifestarem e recolherem algumas informações, porque nos dias de hoje as pessoas são terríveis a fazer campanhas publicitárias e a incentivar ao consumo”, atestou.

Com a assinatura deste protocolo, o Cantinho do Consumidor Idoso está já instalado em seis instituições de solidariedade do concelho: Santa Casa de Misericórdia da Trofa, Cruz Vermelha Portuguesa da Trofa, Muro de Abrigo, Centro Social e Paroquial de São Mamede do Coronado, Centro Social e Paroquial de São Martinho de Bougado e ASCOR.

Instituição poderá acolher turma de ballet e pólo dos MCMT

Inaugurado o Cantinho do Consumidor Idoso, seguem-se outros projectos a implementar no Centro de Dia da ASCOR para rentabilizar o espaço, actualmente frequentado por dez utentes. Em entrevista ao NT/TrofaTv, Guilherme Ramos referiu “estar convencido de que a muito curto prazo se irão encontrar várias razões para elaborar um protocolo de colaboração” com a autarquia, que, na opinião do autarca romanense, poderá passar pela criação de novas valências no âmbito da educação. “Uma das coisas que falta na freguesia são escolas, jardins-de-infância e ATL e isso adapta-se perfeitamente a este espaço e dessa forma podemos rentabilizar o espaço e uma parte contribuir para o funcionamento da outra, assim como outras actividades na acção social e cultural”, adiantou.

A autarquia respondeu afirmativamente à ambição de “dar mais vida” às instalações da ASCOR e Joana Lima já fez saber que a Câmara Municipal irá “descentralizar alguns serviços na área social para a ASCOR”, porque a instituição “tem boas instalações, mas muito poucos utentes”, pelo que “é muito difícil fazer face às despesas”. “Na área do desporto vai haver uma turma de ballet neste espaço e os Meninos Cantores do Município da Trofa (MCMT) querem criar um pólo mais descentralizado do centro do concelho e, por isso, vamos tentar arranjar uma solução para que eles possam ensaiar neste espaço”, avançou a edil trofense.