Depois de na época transata ter concluído o campeonato da série 1 da 1.ª Divisão no 10.º lugar, com 32 pontos, a equipa sénior masculina da Associação Recreativa Juventude do Muro vai encarar a nova temporada com mais ambição.

O objetivo do treinador Vítor Ferreira é “atingir os 50 pontos” e, consequentemente, alcançar uma classificação melhor. “Depois de na época passado termos conseguido fazer uma época tranquila, que foi aquilo que nos propusemos no início, para esta esperamos melhorar os resultados”, adiantou, em declarações ao NT.

A “maior parte” dos jogadores que compõem a equipa “é da Trofa”, que esperam um campeonato “muito competitivo”, à semelhança dos anteriores. “Não há grande diferença entre a qualidade das equipas. São sempre jogos muito equilibrados. Esperamos um campeonato complicado, mas vamos disputar cada jogo para obter os três pontos e para isso temos de ser muito competentes e rigorosos”, adiantou Vítor Ferreira.

Esta temporada, a equipa tem como novidade a participação na Taça Distrital, cujo primeiro jogo disputa-se já no sábado. O Grupo Desportivo de S. Sebastião é o adverdário, numa partida marcada para as 18 horas, no pavilkhao municipal de Leça do Balio. No jogo seguinte, a 3 de outubro, pelas 22 horas, a ARJ Muro recebe, no pavilhão da Escola Básica e Secundária do Coronado e Covelas, a Associação Cultural e Desportiva de Mindelo. Nesta competição, o objetivo, segundo o técnico, “é passar a primeira fase e chegar aos oitavos-de-final”.

Quanto aos apoios externos para a atividade da coletividade “são poucos” e proveem “sempre das mesmas empresas, que ajudam com aquilo que podem”, salientou o treinador

“Cada atleta tem de fazer um certo sacrifício para podermos fazer face às despesas que temos, uma vez que não temos oportunidade de os ajudar nem nas deslocações, nem com prémios de jogo”, frisou.

O campeonato da série 1 da 1ª Divisão distrital começa a 11 de outubro, com a ARJ Muro a deslocar-se ao reduto do Biquinha.