A trofense Helena Araújo inaugurou, no passado dia 20 de setembro, a exposição “Acrílicos”, no piso menos um da Casa do Território, situada no Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão.

“Comecei aos 11 anos a pintar e depois aos 13 fiz a primeira exposição na cripta da Igreja Nova com cerca de 15 quadros”, contou a artista de 15 anos.

Com dez quadros vendidos e quatro reservados, num total de trinta criações, Helena mostrou-se “muito satisfeita”. “As pessoas dizem que está muito bonita, que realmente tenho arte e que devia continuar e aperfeiçoar, porque acham que tenho futuro nisto”, continuou.

Com o apoio dos pais e do professor Alcino, ex diretor da Escola Didáxis, onde é aluna, Helena “quer continuar a fazer mais”. “O professor Alcino convidou-me para liderar um grupo de arte lá na escola, e vou aceitar”.

Leonel Rocha, vereador de V. N. Famalicão explicou que “É já normalidade para nós promover os talentos de Famalicão, não é tão comum termos talentos tão jovens com esta qualidade e com esta produção já tão vasta e é de acarinhar. Se qualquer famalicense que tenha uma iniciativa ligada à veia artística merece o nosso carinho, muito mais quando essa veia artística é mais precoce e ao mesmo tempo apresenta esta qualidade”, apelidando a artista de “cidadã famalicense” por estudar no concelho de Famalicão. “Uma menina que aos 15 anos, ainda no 9º ano, já apresenta esta qualidade no seu trabalho tem que ser necessariamente realçada e acarinhada. Estou a dar uma força grande a esta jovem artista e dizer-lhe que a autarquia de V. N. Famalicão, estou convencido que também a da Trofa, apoiará sempre estas iniciativas, se quisermos este empreendedorismo artístico que esta jovem representa e portanto desejar-lhe as maiores felicidades e dizer-lhe que estaremos sempre ao lado dela quando precisar de nós” concluiu.

Helena tem já um convite para expor pela segunda vez na Trofa, com o designer responsável pela publicidade do evento, no “fim do ano/princípio do próximo”, em função do material que sobrar da exposição patente em V. N. Famalicão.

Até 31 de outubro, a mostra pode ser visitada de segunda a quinta-feira, entre as 9 e as 13 e as 14 e as 18 horas, à sexta-feira entre as 9 e as 12 horas e ao sábado e domingo, entre as 14 e 17 horas.