casa_das_artes

O ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, preside amanhã, quinta-feira, dia 10 de Dezembro, pelas 15 horas, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, à abertura do 12.º Congresso Nacional dos Arquitectos.

A sessão conta ainda com a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Armindo Costa. A iniciativa que vai decorrer nos dias 10,11 e 12 de Dezembro é considerada a “reunião magna” da Ordem dos Arquitectos, reunindo profissionais de todo o país para debater o tema “Arquitectura para Todos: uma Política Pública de Arquitectura em Portugal”.

Durante os três dias, os arquitectos portugueses irão equacionar estratégias, orientações e caminhos fundamentais para a implementação de uma política nacional de arquitectura no nosso país, relevando e potenciando a Arquitectura como um direito de todos os portugueses.

O evento inclui ainda uma recepção oferecida pela Câmara Municipal, pelas 21 horas de amanhã, na Quinta Nossa Senhora da Alegria, em Ribeirão.

Refira-se ainda que no âmbito do Congresso Nacional será lançado o Mapa de Arquitectura de Vila Nova de Famalicão, contendo as diferentes produções arquitectónicas presentes no concelho, que repletem o contexto político e sócio-cultural do seu tempo. Neste sentido, destaque para a arquitectura contemporânea que assume um papel preponderante, mas também para importantes referências da primeira metade e meados do século XX, nomeadamente as obras de Raul Lino, Júlio de brito e Januário Godinho, edifícios com tipologias diferentes que representam um legado para as gerações seguintes.

O Mapa foi elaborado pela Ordem dos Arquitectos em colaboração com a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.