A chuva não demoveu as mais de mil pessoas de comparecerem junto à Capela de Bairros para participarem na segunda edição da Caminhada Solidária Odlo, que se realizou no domingo, 12 de outubro.

Munidos de guarda-chuvas e de capas, os participantes participaram nos exercícios de aquecimento e iniciaram um percurso de cinco quilómetros, que tinha como principais pontos de passagem a Azenha do Portela, Ponte Romana e Igreja Matriz de Santiago de Bougado.
A primeira paragem foi na Azenha do Portela, onde foi feita uma breve explicação sobre a mesma, o que também aconteceu com a Igreja Matriz de Santiago de Bougado.
Além de pertencer à Conferência Vicentina, Maria Otília Ferreira participou na iniciativa porque “gosta” e por ser “uma forma de angariar dinheiro para a Conferência”. A chuva “não” assustou porque “era pouca” e mesmo que “fosse muita não ia desistir, se não o evento também não acontecia”.
Também Bruno Areal participou na caminhada para “contribuir de uma forma solidária com a causa”. Apesar de estar “um bocado receoso” por causa da chuva, a atividade acabou por “correr bem”.
A 2.ª edição da caminhada solidária foi promovida pela empresa Odlo Portugal, que, sabendo que “havia algumas carências ao nível das instituições de solidariedade”, decidiu fazer esta atividade para “angariar fundos para as várias instituições”. No ato da inscrição, as “cerca de 1400 pessoas” podiam escolher a quem dar o donativo, entre “os Vicentinos de Alvarelhos, S. Mamede, S. Martinho e Santiago ou a APPACDM”. Dos “cerca de seis mil euros” angariados, a APPACDM da Trofa foi a que “mais” recebeu, porque está “a passar por bastantes carências” e, por isso, “focaram todo o contributo para esta instituição”, segundo contou o responsável da empresa Júlio Paiva.

O responsável da empresa, que acompanhou o percurso, afirmou que recebeu por parte dos participantes um “feedback muito positivo”. “As pessoas já estão habituadas. É interessante ver o espirito de solidariedade com que estão e a alegria com que participam nesta atividade. Já o ano passado foi igual e é com agrado que vejo que isto já faz parte já colocam na agenda para participarem na caminhada”, referiu.
A Odlo Portugal já está a preparar para o dia 14 de dezembro o jantar de Natal, em que as verbas angariadas revertem a favor dos Vicentinos. Já a próxima edição da caminhada está marcada para o dia 27 de setembro de 2015 e vai decorrer em S. Mamede do Coronado. Veja a Fotogaleria em facebook.com/onoticiasdatrofa.