Os sons de Abril fizeram-se ouvir no Malte Taberna, na noite de quinta-feira, 24 de abril. Os protagonistas do espetáculo foram os “Amigos do Zeca”, um grupo constituído por três elementos que se juntaram para interpretar canções que se associam à Revolução dos Cravos. Em homenagem a Zeca Afonso e ao povo de Abril, cumpriu-se “religiosamente” a tradição e, à meia-noite, perante uma plateia atenta, a música “Grândola Vila Morena” foi interpretada pelo grupo. A “Canção de embalar” e os sons mais “emblemáticos” da efeméride também estiveram em destaque.
Segundo Fernando Dias, vocalista, “é importante que se saiba que há gente que vê o 25 de Abril como um marco”, sendo esta uma data impossível de esquecer. Uma revolução que mudou o país e que “os mais novos” devem saber da sua “importância”, defendeu Fernando Dias.
Os “Amigos do Zeca” formam um grupo recente e informal: Paulino Lima e Manuel Carvalho, na guitarra, e Fernando Dias, na voz. Em algumas ocasiões, os elementos são convidados a cantar em alguns eventos.