Alunos da Escola Básica 2/3 de S. Romão do Coronado apresentaram, no dia 29 de abril, os resultados do Projeto Rios deste ano à comunidade educativa.

 Depois de os alunos das turmas A e B do 9º ano da Escola Básica 2/3 de S. Romão do Coronado terem feito a sua primeira visita de campo ao rio Mamoa, no dia 8 de abril, chegou a altura de apresentarem à comunidade educativa os resultados dessa ação.

No dia 29 de abril, foi sob o mote “A Escola e os Ecossistemas Ribeirinhos com a Savinor”, que os alunos brindaram os presentes que “encheram a biblioteca”, com dinâmicas teatrais, onde apresentavam as propriedades da água, mostrando os conhecimentos adquiridos com o Projeto Rios, que nestes três anos tem sido promovido pela empresa Savinor.

No final, apresentaram uma peça de teatro “inspirada n’O Auto da Barca do Inferno”, que tinha como “protagonista a água”.

“Foram vários os docentes envolvidos nesta ação, mostrando a importância da interdisciplinaridade para a aquisição de conhecimentos”, avançou fonte da empresa.

Esta ação contou com as intervenções de José Faria, presidente da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas Coronado e Covelas, Celeste Osório, professora coordenadora do Projeto Rios na escola, Inês Nabais, em representação da Savinor, e de Pedro Teiga, coordenador nacional do Projeto Rios.

Recorde-se que o Projeto Rios, que se baseia na adoção de um troço de um rio, fazendo desse local um laboratório natural de aprendizagem e de partilha de conhecimentos entre a comunidade, foi proposto pela empresa Savinor há cerca de três anos, com o objetivo de sensibilizar os alunos para a “questão da despoluição dos rios e pelo cuidado da água”, criando “um clima e ambiente de entreajuda e de camaradagem”.