Alunos do 3º ano das Escolas Básicas de Esprela e Finzes visitaram a Ordem dos Enfermeiros, no Porto, e aprenderam os dez mandamentos de uma alimentação saudável. A iniciativa contou com o apoio da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado.

“Esta vai ser uma longa viagem”, comentava um aluno da EB1 de Finzes para o professor quando os autocarros partiram em direcção ao Porto para que os alunos do 3º ano das Escolas Básicas de Finzes e da Esprela fossem conhecer a Ordem dos Enfermeiros, na manhã de sexta-feira. Afinal a viagem não foi assim tão longa. Em cerca de 30 minutos já as 96 crianças atravessavam de mão dada a Rua Latino Coelho para descobrir o que faz um enfermeiro e como devem alimentar-se.

Quando entraram no salão onde iriam aprender que a primeira enfermeira do mundo foi Florence Nightingale e que a quantidade certa de carne ou peixe por refeição deve ser do tamanho da palma da mão, os meninos foram surpreendidos por dezenas de balões que coloriam o tecto e os cantos do espaço. No final, o problema foi mesmo conseguir entrar no autocarro com as mãos ocupadas a segurar os balões, já que ninguém quis voltar à Trofa sem um.

 

A primeira coisa que os meninos e as meninas descobriram foi que os enfermeiros não servem só para “dar picas”, mas tambem são pessoas que existem para ajudar os outros. No entanto, a mensagem mais importante daquela manhã foi a importância de uma alimentação saudável.

Pedro e Ana Paula Figueiredo são os mentores da iniciativa. Ambos enfermeiros tentaram ensinar a comer bem através do livro “Uma corrida marada…”, da sua autoria. O livro conta a história da ratinha Rita, que vive em Ribeirão, “é um bocadinho gordinha” e como ela compreendeu que deve ter hábitos alimentares saudáveis. “Desta forma, torna-se mais atractivo e facilitador da aprendizagem, pois o livro conjuga dois vectores importantes que vão ajudar as crianças a terem comportamentos correctos para um crescimento saudável”, explicou Pedro Figueredo.

A iniciativa partiu do casal de enfermeiros e contou com o apoio imediato da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado. Natália Soares, vogal da Junta e responsável pela área da Educação, reconheceu que é “fundamental alertar os mais novos para a questão da obesidade e para a prática de uma boa alimentação”. “As próprias educadoras consideram esta chamada de atenção muito importante no dia-a-dia das crianças”, assegurou, já na viagem de regresso à Trofa. Natália Soares garantiu que a Junta de Freguesia “estará sempre receptiva a actividades que promovam o bem-estar e a educação das crianças”.

Germano Couto, presidente do Conselho Directivo da Secção Regional do Norte da Ordem dos Enfermeiros, foi o anfitrião e explicou ao NT que “esta foi a primeira vez” que as portas da Ordem se abriram para receber os mais novos. “Este tipo de iniciativas, por parte de uma estrutura responsável pela regulação da profissão e pela melhoria dos cuidados de enfermagem prestados à população, é essencial, já que oferece às gerações futuras instrumentos que permitam valorizar o papel do enfermeiro e o exercício da enfermagem na promoção da saúde”, enfatizou.

Esta quarta-feira, 17 de Novembro, 66 alunos da Escola do Paranho e da EB1 de Paradela fizeram a mesma visita.