chuva
O mau tempo que afecta hoje Portugal, com chuva intensa e vento, levou o Instituto de Meteorologia (IM) a colocar 10 distritos sob aviso laranja, enquanto que oito distritos e os Açores estão sob aviso amarelo.

Sob aviso laranja estão os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra e Castelo Branco.

Além dos Açores, o aviso amarelo abrange os distritos de Leiria, Lisboa, Santarém, Portalegre, Setúbal, Évora, Beja e Faro.

Toda a costa de Portugal Continental está sob aviso amarelo, devido a agitação marítima, com ondas que podem atingir 5,5 metros. Segundo o “site” da Marinha, a barra da Póvoa de Varzim está encerrada e estão condicionadas as de Vila Praia de Âncora, Aveiro e Figueira da Foz.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e refere-se a uma “situação meteorológica de risco moderado a elevado”, segundo o IM. O aviso amarelo enquadra uma “situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica”.

Por isso, o IM recomenda que se acompanhe a situação e se sigam as orientações da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), que accionou às 22:00 de segunda-feira, o alerta azul em 13 distritos do Norte e Centro do país, devido à previsão de chuva “muita intensa” durante a madrugada.

A ANPC recomenda a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, à limpeza dos bueiros, algerozes e caleiras, cuidados “redobrados” com actividades relacionados com o mar e com a condução de veículos, nomeadamente nas vias propensas à existência de piso escorregadio e eventual formação de lençóis de água.

O IM prevê para hoje céu muito nublado, queda de chuva que poderá ser forte, em especial nas regiões do Norte e Centro, passando gradualmente a regime de aguaceiros, a partir do final da manhã.

Antes, poderá ocorrer a queda de neve acima dos 700 metros, nas regiões do interior Norte e Centro, prevendo-se que a cota de neve suba gradualmente para os 1300 metros.

O IM alerta ainda para a existência de condições favoráveis à ocorrência de trovoadas.

O vento de sul moderado (20 a 35 km/h) soprará forte no litoral (35 a 55 km/h), com rajadas na ordem dos 75 km/h, rodando para oeste e tornando-se fraco (inferior a 15 km/h), no final da tarde.

Nas terras altas, o vento será forte a muito forte (50 a 70 km/h), com rajadas na ordem dos 110 km/h de sul, rodando para oeste e tornando-se moderado a forte (30 a 50 km/h), para o final da tarde.

Depois das temperaturas mais baixas dos últimos dias, o Porto deverá chegar hoje aos 14 graus Celsius, Lisboa aos 15º e Faro aos 17º.

 

Fonte: Lusa