S.Romão e o Águas Santas protagonizaram um jogo forte em que a equipa da casa se superiorizasse ao S Romão, obrigando os Romanenses a regressar a casa com uma derrota

A partida começou com grande entrega de ambas as equipas, mas o Águas Santas mostrou-se com mais garra e a chegar bastantes vezes à redes defendidas por Ricardo. Logo aos seis minutos da partida a equipa da casa fez tremerem as redes do opositor , com uma bola a embater na trave. Estava feito o aviso..

Dezoito minutos passados do apito inicial, uma falta de Pepe dentro da sua área, que tocou a bola com a mão, deu a possibilidade ao Águas Santas de converter um penalty. Sérgio marcou a grande penalidade, mas Ricardo conseguiu impedir que a bola passasse para dentro da sua baliza.

Até ter soado o apito que marcava o final da primeira metade a formação da Maia continuou a chegar muitas vezes à baliza do S.Romão, mas sem conseguir finalizar com êxito.

Na segunda parte Jorge Lino fez algumas alterações na organização da sua equipa, o que deu frutos. Aproximadamente aos cinquenta e cinco minutos da partida o número 11 do Águas Santas passou a defesa do visitante e fez o 1-0.

Perto da metade da segunda parte deu-se uma breve paragem no jogo, devido a um momento mais tenso, protagonizado pelo treinador do S.Romão, que mostrou o seu desagrado perante a actuação da arbitragem, mas rapidamente a situação foi resolvida e dentro das quatro linhas o jogo continuou a decorrer com normalidade até ao apito final.

No final do encontro, Jorge Lino, técnico da equipa vencedora, afirmou ter sido "uma vitória merecida. O S.Romão deu bastante luta, foi um dos jogos mais fortes que tivemos. Podíamos ter assumido logo na primeira parte a vantagem no marcador com a marcação do penalty, mas não conseguimos, mas chegamos ao golo na segunda parte e conseguimos segurar a vantagem e por isso fomos um justo vencedor".

José Carvalho, um pouco desanimado, mostrou o seu descontentamento com a actuação da arbitragem. "Estes homens andam aqui para se divertirem, sem ganharem nada para isso e é triste vermos que certas equipas de arbitragem estragam o espectáculo de jogo. Vimos que ficou por marcar uma falta cometida sobre um atleta nosso e que poderia dar um penalty e foram ainda assinalados alguns foras de jogo que não existiam. É muito desmotivante estas atitudes por parte das arbitragens, quando muitos dos que estão aqui, estão com algum sacrifício, porque gostam de futebol, e depois deparam-se com estas situações".

"No jogo em si não estivemos mal, mas tivemos algumas falhas que iremos ter que corrigir", finalizou o treinador da formação do S.Romão.

No próximo domingo a equipa do S. Romão irá a Vilar Pinheiro para disputar a 9ª jornada.

 

Ficha do Jogo 8ª Jornada

Águas Santas 1 – 0 S.Romão

S.Romão: Ricardo, Carvalho, Hélder P., Hélder, Daniel, Lobo (Silva, 2ª parte) , Rui (Raúl, 62'), Pepe (Moutinho, 25'), Carlos, Tino e Vítor Lopes

Suplentes: Jorge, Cabaço, Alex e Parreco

Treinador: José Carvalho

Águas Santas: Gomes, Fábio, Pedro, Patrício, Pimenta (Ismael, 74'), Quinta, Aguiar, Márcio II, Sérgio (Bruno, 62'), Roberto e Fábrício (Paulo, 80')

Suplentes: Sérgio II, Tim Tim, Johny e Márcio I

Treinador: Jorge Lino

 

Cartões amarelos: Carlos e Ismael

Resultado ao intervalo: 0 – 0

Resultado final: 1 – 0

Classificação

pontos

1º – Gondim 20

2º – Sporting Cruz 19

3º – Desportivo de Portugal 17

4º – Pedroso 16

5º – Rio Tinto 11

6º – S.Romão 11

7º – Vilar Pinheiro 11

8º – Águas Santas 11

9º – Lusitanos Santa Cruz 8

10º – Vila Chã 8

11º – Intre Milheirós 7

12º – Ramaldense 7

13º – Atlético de Vilar 6

14º – Mindelo 4