O Parque de Exposições de Braga (PEB) organiza, entre os dias 22 e 25 de Março, a 45a edição da AGRO – Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação de Braga. 

Apesar do contexto atual, a Agro 2012 revela desde já um crescimento contra cíclico, com o aumento de expositores, parceiros e sectores. Nesta edição, aproveitando os 50 anos da PAC e com o apoio da Representação da Comissão Europeia em Portugal, da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN) e do Centro Europe Direct Entre Douro-e-Minho, o programa da Agro conta com um dia dedicado à Europa.

Assim, no dia 23, realiza-se o Colóquio Dia Europa – 50 Anos PAC, organizado pela CONFAGRI. Este colóquio irá debater a Política Agrícola Comum Pós-2013 e as perspetivas para a Região Norte, contando com a presença de João Pacheco, Diretor-geral Adjunto da Direção-Geral da Agricultura da Comissão Europeia, do Eurodeputado Capoulas Santos e de Arlindo Cunha, professor da Universidade Católica do Porto.

A AGRO vai continuar a apostar nas principais fileiras do sector agrário. Depois do sucesso da edição anterior, a organização irá manter a aposta no sector do leite, com a realização do 2º Concurso de Raça Frísia e com o programa de formação e discussão: “AGRO INFORMA, DIVULGA E DISCUTE”.

Em 2012, a Agro conta com o reforço de novos sectores: Florestal, Pecuário e Hortofrutícola. A Forestis é uma das entidades que se associa ao certame para a promoção das florestas. Para além da sua presença ao longo dos quatro dias do evento, a Forestis realiza o seminário “Floresta – As oportunidades do uso múltiplo”, com o objetivo de dar a conhecer o trabalho das associações florestais e debater as diferentes possibilidades de rentabilizar as propriedades e produtos florestais. No sector pecuário, a presença de animais da Raça Garrana e da Raça Cachena prometem dar uma nova atração ao evento, possibilitando aos visitantes fazerem um roteiro a cavalo pela feira. Do sector Hortofrutícola, destaque para a presença da Horpozim, Associação de Horticultores da Póvoa de Varzim. 

Os Concursos de Raças Autóctones, que se realizam entre sexta-feira e domingo, são outro prato forte do certame. Com o apoio das associações das raças autóctones, estarão ao todo cerca de três centenas de animais das raças Barrosã, Arouquesa, Minhota, Maronesa e Marinhoa, esta última apenas em exposição. Para os interessados na área da Maquinaria Agrícola, na AGRO 2012 poderão encontrar tudo aquilo que procuram. 

Ao todo serão mais de 400 Máquinas Agrícolas, mais de 50 fabricantes, 100 expositores e 250 marcas representadas, num espaço exterior de mais de 20 000m2.

Para além dos já referidos, Agricultura Biológica, a Floricultura e os Vinhos e Sabores são outros dos sectores que fazem parte deste certame. Um programa bastante completo, muito graças às parcerias com a Comissão Europeia, a DRAPN, o Centro Europe Direct, a AGROS, a Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal (CONFAGRI), o Crédito Agrícola, a Associação para o Apoio à Bovinicultura Leiteira do Norte (ABLN), a Cooperativa Agrícola do Alto Cávado (CAVAGRI), a APCRF, o Regimento de Cavalaria de Braga, a Forestis, a Horpozim e a Associação Portuguesa de Floricultores.

Capital Europeia da Juventude marca presença na Agro

Inserido no programa de Braga – Capital Europeia da Juventude, a Agro 2012 irá receber, na manhã do dia 23, as Jornadas do Empreendedorismo. Com o título “Jovens empreendedores no sector Agroalimentar”, estas jornadas irão incidir sobre a importância que as novas gerações têm para que haja um “regresso aos campos” e à produção agrícola. O debate conta com o apoio e organização da UTAD, da Associação de Eng. Zootécnicos, da Associação Internacional de Estudantes Agrícolas e da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima.

Quim Barreiros atua no dia 23

Depois do sucesso obtido na edição anterior, a organização volta a apostar numa animação durante os dias do evento. Quim Barreiros, no dia 23, Augusto Canário, no dia 24, e Jorge Loureiro, no dia 25, são os artistas que prometem animar a feira, fazendo da Agro 2012 a verdadeira festa da agricultura. É neste ambiente característico e bem popular que a AGRO 2012 se desenrolará, sendo certo que este certame tem na sua longevidade, uma das garantias da sua relevância enquanto montra da agricultura portuguesa. 

{fcomment}