aeba.jpg

 

 

 

 

 

A Associação Empresarial do Baixo Ave, está a desenvolver um projecto, no âmbito do programa INOV-JOVEM. Este projecto tem como principal objectivo criar novas oportunidades de emprego incentivando assim às empresas

A sessão de apresentação aos formandos decorreu, no passado dia 23 de Janeiro, e contou com mais de uma centena de jovens licenciados e bacharéis à procura de emprego. Apresentaram-se inúmeros jovens, então as instalações da AEBA não conseguiam suportar tanta gente de forma que a sessão foi transferida para o Cine Nova Trofa, onde tinha espaço alargado para receber inúmeras pessoas para tal evento.

Este projecto responde às dificuldades de integração no mercado de trabalho, pois os jovens licenciados e bacharéis, com idade até aos 35 anos, promovem a inserção no desenvolvimento empresarial das pequenas e médias empresas. Depois da selecção feita, cada jovem obterá uma bolsa mensal no valor de 771,80 euros, e a empresa que os integrar apenas obterá 25 por cento deste montante, isto é, 192,95 euros.

Manuel Pontes, Presidente da Direcção da AEBA, enuncia que este é um projecto bastante ambicioso para ambas partes, ou seja, favorece as empresas participantes, logo estas passam a dispor de quadros qualificados a baixos custos, e oferece novas oportunidades para os jovens licenciados, em situação de desemprego, podendo desta forma ingressar no mercado de trabalho.

As áreas deste projecto são diversas, tais como, a Gestão da Produção, Gestão Comercial, Marketing e Internacionalização, Inovação Tecnológica & ID, Gestão de Recursos Humanos e Higiene e Segurança no Trabalho, e por fim, Inovação e Qualidade. O projecto tem durabilidade de um ano, sendo os dois primeiros meses de Formação em sala e os restantes dez meses de estágio.

Durante o período de estágio os jovens serão sempre acompanhados por um tutor da AEBA, que os apoiará sempre nas tarefas a serem desenvolvidas.

No ver de Mafalda Cunha, Directora Geral da AEBA, esta iniciativa cria oportunidades para 56 jovens arranjarem empregos, sendo assim a sua grande expectativa. Contudo a AEBA recebe inúmeros currículos para a obtenção de emprego, e com este projecto, espera poder dar resposta a centenas de jovens que se encontram na base de dados.

Aqueles jovens licenciados que ainda se encontram interessados em participar no âmbito deste projecto, terão que apresentar a sua candidatura na sede da AEBA, que se encontra situada na Rua das Indústrias, n.º 236, na Trofa. O primeiro curso irá já iniciar no próximo mês de Fevereiro.A Associação Empresarial Baixo Ave desenvolve o seu trabalho nos seguintes concelhos: Trofa, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso, Maia e Vila do Conde.Esta Associação, com apenas 5 anos de existência, já contabiliza milhares de formandos certificados e perto de 500 empresas associadas.