Estão abertas as candidaturas para a edição de 2020 do Orçamento Participativo Jovem da Trofa. Os projetos podem ser apresentados por jovens dos dez aos 30 anos, residentes ou membros de uma associação do concelho, até 31 de outubro.

À semelhança do que é habitual, o OPJ será concretizado num projeto de âmbito geral, com financiamento de 17.500 euros, e noutro de âmbito escolar, com um valor de 7500 euros.

“Para elaborares o teu projeto, deves considerar várias fases. Em primeiro lugar, o diagnóstico, ou seja, saberes o que queres fazer, porque queres fazer e para quem queres fazer. Depois, deves ter noção do Planeamento: o que propões e elaborares um projeto e orçamento. Se tiveres dúvidas, a Câmara Municipal está disponível para te ajudar”, esclarece a autarquia.
Os projetos vencedores serão conhecidos na Assembleia Municipal Jovem, que decorre a 19 de dezembro. Na sessão, os proponentes terão de defender o projeto e convencer a assistência a votar nele.

Bibliotecas escolares, Laboratório de Ciências da EB 2/3 Professor Napoleão Sousa Marques, passadeiras para invisuais, ATL no JI de Giesta, parque infantil da EB de Estação, skatepark da Alameda da Estação, palco para artes na Escola Secundária da Trofa, circuito de manutenção na EB 2/3 do Castro e área desportiva geriátrica do Souto de Bairros são alguns dos projetos que foram desenvolvidos no âmbito do OPJ da Trofa, criado em 2011 pela Câmara Municipal.