quant
Fique ligado

Edição 654

A Máquina de propaganda – Parte 1 – O anúncio

Publicado

em

Na passada Quarta-feira, dia 27 de Dezembro, um anúncio da CM da Trofa foi publicado no Jornal de Notícias, e possivelmente noutros órgãos de comunicação social de âmbito nacional, a dar conta da aprovação da Proposta de Alteração do Plano Director Municipal da Trofa e subsequente abertura de um período de discussão pública, durante o qual os trofenses poderão consultar os documentos que compõem a referida proposta. Tal decisão decorre do disposto no 1º ponto do artigo 89º do Decreto-lei 80/2015.

Quando me deparei com o referido anúncio, estranhei não o ver publicado na imprensa local. Afinal de contas, a imprensa local chega a todo o lado nesta terra, das nossas residências a repartições públicas, passando por cafés, restaurantes e outros estabelecimentos do concelho, pelo que se saiu no JN, faria sentido que fosse também publicado nos jornais existentes na Trofa. Contudo, e apesar da estranheza, que deriva mais da relevância do assunto em questão do que da não utilização da imprensa local para veicular tão importante tema, não fiquei surpreendido: o jornal criado, escrito e, na maioria dos casos, patrocinado por militantes e simpatizantes das concelhias do PSD e do CDS-PP não vê a luz do dia desde 7 de Dezembro, apesar de se ter comprometido com os seus leitores, a 22 de Dezembro, que a edição que devia ter saído no dia anterior sairia no dia 27, o mesmo dia em que o anúncio foi publicado no JN. Porém, como já tinha acontecido noutras ocasiões, o jornal simplesmente não saiu. Talvez porque quem nele manda não estivesse a precisar dos seus serviços.

Sobra este jornal, O Notícias da Trofa, que todas as semanas, sem falhas, chega às bancas com notícias sobre tudo o que se passa nesta terra, seja uma competição ou feito desportivo, uma entrevista a uma personalidade interessante, um evento cultural, um facto político ou qualquer outro acontecimento relevante que diga respeito ao nosso concelho. Sabemos que eles são, onde está a sua sede, quem são os donos, os jornalistas, os operadores de câmara e o restante staff que trabalha na redacção. No entanto, apesar da transparência da qual nem todos os jornais se podem gabar, há muito que o executivo camarário deu instruções explícitas para que O Notícias da Trofa seja activamente boicotado. Resulta daí que o importante anúncio sobre as alterações ao PDM não tenha sido publicado neste jornal, o que é revelador do respeito que o executivo sob a liderança de Sérgio Humberto (não) tem pela imprensa. Mas já assistimos a retaliações piores, como a tentativa de impedir o trabalho de uma equipa de reportagem da TrofaTv numa sessão pública no Muro, a propósito do dossier do Metro, em violação da legislação portuguesa. Vale quase tudo.

No momento em que escrevo estas linhas, Terça-feira, dia 2 de Janeiro, este importante tema não está em destaque no site da autarquia, nem sobre ele se escreveu uma palavra na página de Facebook da CM da Trofa, página essa que é abundantemente utilizada para os mais variados fins, não raras vezes articulada com um pasquim digital com o qual o gabinete de comunicação do município trabalha de forma tão próxima que algumas publicações, exactamente iguais, saem quase em simultâneo. Também o dito pasquim, cuja ligação ao poder local é tão estreita que por várias vezes apelou ao voto na coligação PSD/CDS-PP nas semanas que antecederam as Autárquicas, não escreveu uma palavra sobre o assunto. Estranho. Será que alguém está a tentar que este período de consulta pública passe despercebido? Não sabemos. Mas sabemos que os canais habituais, oficiais e oficiosos, voltaram a estar alinhados neste caso. E este é apenas um de muitos, sobre os quais recolhi uma quantidade significativa de informação ao longo dos dois últimos anos, informação essa que irá constituir o grosso das crónicas que publicarei ao longo do ano que se inicia. Factos que, estou convencido, captarão o interesse de muitos trofenses. Despeço-me com votos de um ano de 2018 pleno de felicidade, saúde e realizações pessoais. Sejam felizes e escolham ser livres!

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 654

Campo de treino para guarda-redes (C/Vídeo)

Publicado

em

Por

É a terceira vez que o departamento de formação do Clube Desportivo Trofense proporciona uma experiência diferente do habitual aos guarda-redes, com um campo de treino exclusivo para quem está à baliza. E para motivar ainda mais os jovens, houve convidado especial. António Ferreira, treinador de guarda-redes do Shakhtar Donetsk, esteve no complexo desportivo de Paradela para partilhar alguns dos conhecimentos adquiridos ao longo da carreira.
“Eu sei o quanto os jogadores valorizam isto na juventude, quando veem figuras que são referências para eles”, explicou o profissional, que atualmente integra a equipa técnica do clube ucraniano, juntamente com Paulo Fonseca.
“Mostrar como se prepara um jogo ao alto nível” foi o principal objetivo desta edição da iniciativa denominada “Defender +”. Daniel Araújo, coordenador de guarda-redes do Clube Desportivo Trofense explicou ainda que os jovens aprenderam os atributos que separam os bons dos maus guarda-redes. “A inteligência é o atributo mais importante. Um guarda-redes tem que ser capaz de perceber o jogo e orientar os colegas sem ter que estar a relatar”, explicou.
Por sua vez, António Ferreira destacou a importância da desvalorização da ideia de que “um guarda-redes para ser bom tem que ser maluco”. “Um bom guarda-redes é inteligente e tranquilo, porque normalmente vive situações de pânico, em que tem que conseguir raciocinar e encontrar solução”, sublinhou.
E numa posição tão sensível como é a de guarda-redes, o controlo emocional é um dos aspetos a ter em conta na preparação do jogador. “É importante a criação de um grupo coeso entre os guarda-redes da equipa. O aspeto psicológico que mais trabalhamos é a entreajuda e a capacidade de superação”, referiu Daniel Araújo.
Esta é uma das atividades que decorrem no clube durante a quadra festiva. Já no dia 27 de dezembro, decorreu uma palestra sobre a importância do treino invisível no futebol, que contou com plateia numerosa no Fórum Trofa XXI e que contou com a presença de André Carvalho e Luís Carvalho, médicos do CD Trofense, Pedro Silva, psicólogo, e Raquel Silva, nutricionista.

Continuar a ler...

Edição 654

400 no corta-mato escolar do Agrupamento da Trofa

Publicado

em

Por

O Agrupamento de Escolas da Trofa voltou a promover o corta-mato escolar, no final do 1.º período de aulas. A atividade contou com a participação de “400 alunos” e decorreu em simultâneo na Escola Básica Napoleão Sousa Marques e na Escola Secundária, “num ambiente saudável, em que os participantes evidenciaram empenho, alegria e um excelente comportamento”, avançou fonte da organização.
No final, os seis primeiros classificados de cada escalão etário/género foram apurados para o corta-mato escolar distrital, que tem lugar este mês, e que é organizado pela Direção do Desporto Escolar – Região Norte.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também