Centenas de pessoas vibraram com a corrida de rolamentos e downhill skate, na 3ª Descida Lar do Emigrante, em Covelas. Mais de 70 pessoas participaram na 3ª Descida Lar do Emigrante, na freguesia de Covelas, no domingo, 20 de maio. 

Perante um céu “indeciso” que tanto os brindava com chuva ou com um sol quente, os participantes aventuraram-se numa descida de cerca de 1700 metros, distribuídos por cinco variantes: fórmula rol, fórmula madeira, fórmula livre, drifts/trikes (uma espécie de triciclos) e downhill/skate. As duas últimas foram as novidades da terceira edição desta iniciativa da responsabilidade da Pombal Rol, Associação de Desportos de Inércia Coronado e Covelas.

Centenas de pessoas desafiaram S. Pedro e aglomeraramse junto da tenda “dos comes e bebes” para vibrarem com a descida dos atletas, numa prova que ficou marcada por três momentos. No primeiro, todos os participantes partiram ao mesmo tempo para reconhecer o percurso, oferecendo algumas “acrobacias” ao público.

Na segunda descida, era “a doer”, com cada atleta a partir, individualmente, em busca do melhor tempo para a grelha de partida da terceira prova, na qual partiriam todos os inscritos em cada variante para a classificação final. A prova de Fórmula Roll foi dominada pela equipa anfitriã, com Daniel Correia a conseguir o 1º lugar, seguido pelos colegas João Mota e José Eduardo Silva, que completaram o pódio, respetivamente. 

José Guilherme, presidente da Pombal Rol, afirmou ao NT que o balanço da prova foi “extremamente positivo”. A introdução de novas variantes na prova “é uma forma de lutar” para que a iniciativa vingue e capte a atenção do público. A 3ª Descida Lar do Emigrante foi a terceira prova do campeonato nacional de fórmula rol. A Pombal Rol conta com quatro pilotos na mesma variante. 

{fcomment}