quant
Fique ligado

Trofa

26.867 novos casos de infetados com Covid-19

Portugal registou hoje 26.867 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 12 mortes associadas à covid-19, indicam números divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS)

Publicado

em

Portugal registou hoje 26.867 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 12 mortes associadas à covid-19, indicam números divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico diário da DGS regista também um novo aumento do número de pessoas internadas, contabilizando hoje 971 internamentos, mais 35 do que na terça-feira, 151 em unidades de cuidados intensivos, menos um nas últimas 24 horas.

Os casos ativos voltaram a aumentar nas últimas 24 horas, totalizando 136.020, mais 21.479 do que na terça-feira, e recuperaram da doença 5.376 pessoas, o que aumenta o total nacional de recuperados para 1.175.217.

Comparativamente com a situação registada em Portugal no mesmo dia há um ano, o país tem hoje mais 23.531 novos casos de infeção (contabilizaram-se 3.336 novos casos a 29 de dezembro de 2020) e mais 70.569 casos ativos (há um ano totalizavam 65.457).

O número de internamentos é significativamente inferior, uma vez que há um ano estavam internadas 2.930 pessoas, 486 das quais em cuidados intensivos, havendo também menos óbitos (no mesmo dia, o boletim da DGS contabilizava 74 mortes nas 24 horas anteriores).

Das 12 mortes, cinco ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, três no Centro, duas no Algarve, uma no Norte e uma na região autónoma da Madeira.

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região com mais novos casos diagnosticados nas últimas 24 horas, num total de 11.958, seguindo-se o Norte (9.069), o Centro (3.384), a Madeira (771), o Algarve (709), o Alentejo (700) e os Açores (276).

Publicidade

Em relação ao dia anterior, as autoridades de saúde têm mais 8.302 contactos em vigilância, totalizando 142.947 pessoas.

Segundo os dados da DGS, a maioria dos óbitos diários continua a registar-se entre os idosos com mais de 80 anos, num total de seis, seguido da faixa etária dos 70 aos 79, com quatro mortes registadas, tendo ainda ocorrido duas mortes entre os 60 e os 69 anos.

O maior número de óbitos desde o início da pandemia concentra-se nos idosos com mais de 80 anos (12.279), seguindo-se as faixas etárias entre os 70 e os 79 anos (4.093) e entre os 60 e os 69 anos (1.742).

O maior número de novos casos diagnosticados situa-se na faixa etária entre os 20 e os 29 anos (5.383), seguida das faixas entre 40 e 49 anos (5.065), entre 30 e 39 anos (4.575), entre 50 e 59 anos (3.786), entre 10 e 19 anos (3.164), dos 60 aos 69 anos (1.996), até aos 9 anos (1.615), dos 70 aos 79 anos (843) e dos idosos com mais de 80 anos (440).

Desde o início da pandemia, em março de 2020, a região de Lisboa e Vale do Tejo registou 516.684 casos e 7.962 mortes.

Na região Norte registaram-se 487.251 infeções e 5.765 óbitos e a região Centro tem agora um total acumulado de 189.553 infeções e 3.355 mortes.

O Algarve totaliza 57.533 contágios e 579 óbitos e o Alentejo soma 46.975 casos e 1.086 mortos por covid-19.

Publicidade

A Região Autónoma da Madeira soma desde o início da pandemia 20.451 infeções e 123 mortes e o arquipélago dos Açores 11.711 casos e 51 óbitos.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.921 pessoas, 9.935 entre os homens e 8.986 entre as mulheres.

Já foram contabilizados 1.330.158 casos de infeção, dos quais 622.594 homens, 706.484 mulheres e 1.080 casos de sexo que se encontra sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Continuar a ler...
Publicidade

Desporto

Trofense sem direção aguarda por setembro para criar comissão administrativa

Publicado

em

Por

Apenas 40 sócios marcaram presença na assembleia geral extraordinária do Clube Desportivo Trofense, na noite desta sexta feira, que tinha como ponto a eleição de uma comissão administrativa, depois de Franco Couto ter apresentado a demissão, por motivos pessoais.

A assembleia foi conduzida por José Duarte Gomes, presidente da Assembleia Geral do Clube, apoiado por 2 sócios, uma vez que os secretários da assembleia não compareceram na mesma.

A comissão vai ter como primeira batalha tratar do pagamento dos 4 meses em atraso do RERE (Regime extrajudicial de recuperação de empresas), que foi aprovado em tribunal e que o clube não estará a pagar, segundo informação vinculada na assembleia.

A assembleia terminou sem que alguém demonstra-se interesse em liderar uma comissão administrativa, havendo 5 sócios disponíveis para integrar uma, mas sem a liderar.

Ficou marcada para 2 de setembro nova assembleia com o objetivo de encontrar uma comissão.

Continuar a ler...

Trofa

Junta do Coronado cancela Coronado Convida por “desentendimento” com a paroquia de S.Mamede

Publicado

em

Por

A Junta de Freguesia do Coronado cancelou a edição de 2022 do Coronado Convida.
O evento estava previsto para decorrer entre 29 de agosto e 4 de setembro foi cancelado porque a paróquia pretendia montar “uma tasquinha” no adro da Capela do Divino Espírito Santo, mesmo depois de “terem tomado conhecimento de que já não havia lugar para mais espaços de restauração”, anunciou a junta em comunicado.

No referido documento, a junta de freguesia afirma que “tentou sensibilizar os intervenientes de que isso colocaria em causa toda a dinâmica e todos os participantes do evento” e que “perante a insistência e a determinação dos elementos ligados à Paróquia a Junta de Freguesia viu-se forçada a cancelar o evento para salvaguardar o princípio de organização do mesmo e para não entrar em choque” com uma das entidades da comunidade, nem com todos os participantes do certame. (Leia o comunicado na integra clicando aqui)


Já a paroquia, também em comunicado afirma que o regulamento do evento “definia que os lugares de restauração seriam atribuídos mediante apresentação de candidatura em carta fechada, sob licitação mínima de 800 euros, a serem conferidos aos três que apresentassem a melhor proposta, até ao dia 5 do presente mês, contudo, e segundo o mesmo comunicado, “a informação que foi disponibilizada à Paróquia, oito dias antes da data prevista de entrega das cartas, foi de que os lugares já se encontravam preenchidos.”
Segundo o comunicado, publicado nas redes sociais, a paroquia afirma que “manifestou o seu descontentamento com esta falta de consideração pelas regras instituídas” e que dois elementos do conselho económico estiveram reunidos com o presidente da Junta de Freguesia, José Ferreira, saindo dessa reunião com “bom entendimento entre as partes, decorrendo num favorável espírito de abertura e cordialidade”, mostrando surpresa pelo motivos alegados para o cancelamento do evento. (Leia o comunicado da paroquia clicado aqui)


O certame tinha realização prevista, tal como nas anteriores edições, na zona envolvente à Capela do Divino Espirito Santo, em S.Mamede do Coronado.
O Coronado Convida realizou-se já por 11 edições, esteve suspenso em 2010 e 2011 devido à pandemia, e é uma mostra associativa e cultural da freguesia.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);