Select Page

15 prémios para os Diamantes de Gould de João Pedro Silva

15 prémios para os Diamantes de Gould de João Pedro Silva

Dois mil e dezoito foi um ano “muito especial” para João Pedro Silva, pois fica marcado pelos “melhores resultados de sempre” conquistados pelo trofense numa exposição ornitológica. Foram conseguidos no 2.º Monográfico do Diamante de Gould Clube de Portugal, que decorreu em Balazar de 26 a 28 de outubro e que estava integrado no 13.º Campeonato Ornitológico Internacional C.O.M. do Atlântico.
De entre 700 Diamantes de Gould, João Pedro Silva arrecadou “15 prémios individuais e por equipas”, dos quais 11 foram o 1.º lugar, dois 2.º e dois 3.º.
“Obtive o 3.º lugar na Geral, Melhor Diamante de Gould da Exposição, Melhor Clássico cabeça Preta Macho, Melhor Clássico cabeça vermelha Macho, Melhor equipa clássicos cabeça preta machos, na monográfica DGCP. Já no Internacional do Atlântico, obtive o prémio Prestígio 2018, crachá de ouro relativo ao criador com maior número de pontos de todas as classes a concurso em cerca de 3100 aves, e prémio de campeão da secção F de exóticos”, referiu.
Mal terminou a prova, João Pedro Silva virou as atenções para a nova época, iniciando o período de reprodução destas aves, originárias da Austrália.
“Também vou começar a preparar o Mundial de 2018, que este ano se realiza na Holanda. Para o ano, será em Portugal”, afirmou.
C.V.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização