A Juventude Social Democrata da Trofa organizou um Festival de Tunas, no dia 8 de dezembro, onde arrecadou 1250 quilos de géneros alimentícios, que serão entregues à Conferência de S. Vicente de Paulo da freguesia de Alvarelhos e ao Muro de Abrigo.

 Foram 1250 os quilos de alimentos angariados durante a 3ª edição do Festival de Tunas da Trofa, organizado pela Juventude Social Democrata (JSD) da Trofa e que contou com a participação de quatro tunas femininas: a Legislatuna – Tuna Feminina da Faculdade de Direito do Porto, a Tuna Feminina do ISMAI, a Tuna Feminina do ISEP e a Tuna Feminina da Universidade Lusíada de Famalicão. Uma iniciativa que tinha o objetivo de “aliar um espetáculo de música à solidariedade social”.

Segundo Sofia Matos, presidente da JSD Trofa, “mais uma vez”, os trofenses demonstraram que apesar “da altura complicada e de crise nacional”, foi possível angariar “uma quantidade de alimentos”, que se “não duplicamos estaremos perto dos objetivos do último ano”. Por essa razão, os objetivos foram “mais do que cumpridos”, estando a organização “surpreendida” pela quantidade de pessoas que assistiram ao Festival de Tunas e pelos alimentos angariados.

Os géneros alimentícios serão entregues à Conferência S. Vicente de Paulo da freguesia de Alvarelhos, pois foi aí que decorreu o festival, e à associação Muro de Abrigo.

Apesar de a organização ter sido “complicada”, tendo demorado “mais ou menos um mês”, Sofia Matos ressalta o empenho da sua equipa, que está “sempre pronta a trabalhar e a servir os outros”. “Só assim foi possível concretizar este 3º Festival de Tunas da Trofa. A nossa equipa trabalhou muito, esforçou-se e aqui está o resultado fantástico do nosso trabalho, do nosso empenho”, denotou.

O balanço desta 3º edição só podia ter sido “super positivo”, segundo a presidente, com a JSD a demonstrar que é “uma equipa empenhada, forte e pronta para ultrapassar todos os obstáculos e objetivos que são propostos”.

Quanto ao Festival de Tunas, foi a Legislatuna que venceu os prémios de Melhor Solista, Melhor Instrumental e de Melhor Tuna. Já o de Melhor Pandeireta e a Tuna mais Tuna foi entregue ao ISEP, o de Melhor Estandarte foi ao de ISMAI e a Melhor Música de Natal foi entregue à Lusíada.

{fcomment}