A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão lançou no terreno a última fase das obras de pavimentação e modernização da Estrada Municipal 510-1 (EM 510-1), que vão decorrer em três quilómetros do seu traçado, em território da freguesia de Castelões. Trata-se de uma obra que vai melhorar as acessibilidades numa zona fortemente industrializada do Vale do Ave, dada a proximidade de grandes empresas, nomeadamente do sector têxtil.
A EM 510-1 atravessa as freguesias de Oliveira Santa Maria, Castelões, Ruivães, Bente e Landim, onde liga ao vizinho concelho de Santo Tirso. O projecto das obras de modernização e requalificação agora lançadas, que vão completar a reabilitação de toda a via, contemplam, para além da pavimentação, o alargamento da estrada em diversos pontos,assim como a criação de passeios, onde for possível, e a instalação de nova sinalização. A obra, que era uma necessidade de há vários anos, demorou mais tempo a ser lançada porque a Câmara Municipal de Famalicão decidiu também incluir no projecto a rede de saneamento básico.
“A estrada, que atravessa Castelões, ficará infra-estruturada com as redes de água e saneamento. Era uma obra absolutamente necessária”, destacou o presidente da Câmara Municipal, Armindo Costa, na última sexta-feira, durante a cerimónia de assinatura do auto de consignação da empreitada à empresa José Moreira Fernandes e Filhos, pelo montante de 667 mil euros,. Na ocasião, perante um salão da Junta de Freguesia de Castelões repleto, Armindo Costa lembrou ainda que “as obras têm de ser planeadas e executadas consoante as possibilidades financeiras”. Neste caso, estamos perante “um problema de acessibilidades que ficará resolvido para as próximas duas décadas”, indicou o autarca, lembrando, ainda que, com a modernização da estrada, “a população de Castelões ficará mais perto do acesso à auto-estrada”, em S. Miguel de Seide.
O presidente da Junta de Freguesia de Castelões, Francisco Sá, declarou-se satisfeito “pelo arranque da obra” e mostrou-se “reconhecido à Câmara Municipal” por este grande investimento na freguesia. Posteriormente, o autarca de Castelões menciou a construção de uma capela mortuária como um dos próximos projectos para Castelões, tendo Armindo Costa revelado que “a Câmara Municipal está disponível para apoiar na construção do equipamento”.