A Confraria do Santíssimo Sacramento, de S. Martinho de Bougado, benzeu a sua primeira viatura para transporte dos seus membros e para serviço da paróquia. A cerimónia de bênção, no Domingo de Páscoa, contou com a presença de todos os que ajudaram a concretizar “o sonho” da Confraria.

 “Todos nos apoiaram no nosso sonho”, garantiu ao NT Laurindo Dias, tesoureiro da Confraria do Santíssimo Sacramento, depois da cerimónia de bênção da nova viatura, de nove lugares, que os poderá levar mais longe.

“Há muito tempo” que pensavam comprar o veículo e Laurindo Dias com a ajuda dos elementos dos lugares de Real, S. Martinho e Carqueijoso, que compõem a Confraria este ano, fizeram-se à estrada e iniciaram os peditórios.

“Começamos a fazer a cobrança no fim das missas, para as pessoas porem poderem pagar as cotas anuais da Confraria e pedíamos também uma ajuda para a carrinha e as pessoas davam o que tinham”, contou.

Com o dinheiro arrecadado conseguiam adquirir uma viatura já usada, mas decidiram ir mais longe e “bater a outras portas”. “Pensamos primeiro em comprar uma carrinha usada, mas depois falei com o presidente da Câmara (Bernardino Vasconcelos) e ele disse que dava o que fosse preciso, e com o presidente da Junta de S. Martinho de Bougado (José Sá) e eles deram o restante para a compra”, afirmou Laurindo, satisfeito com o facto de já terem um transporte para os serviços da Confraria.

Também Luciano Lagoa “deu apoio” para a concretização deste “sonho” da Confraria do Santíssimo Sacramento e “satisfeito com a compra da carrinha”, benzeu o veículo no final da missa das 8 horas, junto à Igreja Nova da Trofa, no Domingo de Páscoa.

Agora a viatura “estará ao serviço da Confraria e da paróquia de S. Martinho de Bougado” e no primeiro dia de serviço transportou os elementos que compõem o compasso.