Em 78 anos de existência muita coisa há para contar. De entre sucessos e fracassos, subidas e descidas, os momentos mais marcantes do Clube Desportivo Trofense resumem-se na inauguração do seu parque de jogos em 1930, o "caso Varzim", e as subidas históricas à Liga Vitalis e à Bwin Liga.

   A vontade de alguns trofenses em praticar desporto em conjunto na Trofa serviu de mote para que em 1927 surgisse no actual parque Nossa Senhora das Dores o "Campo da Capela", recinto utilizado pelos jovens da cidade.

Depois de dois anos a alimentar o desejo da actividade desportiva, os trofenses viram o recinto ser adoptado pelo recém-criado "Sporting Club da Trofa", onde disputou o primeiro jogo com o "Sporting Club Tirsense" e venceu por 6-3. Contudo o "Sporting Club da Trofa" não podia marcar presença em jogos oficiais, por não ter recinto vedado. No entanto, esta situação foi ultrapassada em 1930, com a construção do campo do Catulo, inaugurado no dia 12 de Outubro, e com a sua filiação na Associação Futebol do Porto, um mês antes, o "Clube Desportivo Trofense".

No dia da inauguração do novo recinto desportivo o CD Trofense recebeu o Fluvial Vilacondense, vencendo-o por cinco bolas a uma, sobre as ordens do treinador Júlio Cardoso, que nunca foi esquecido pelas hostes trofenses, tendo sido homenageado no final da época 30/31.

Depois de ter sido campeão de Santo Tirso, o clube não ascendeu à categoria promocionária distrital porque não obteve a pontuação necessária no torneio inter-campeões concelhios.

Em 1933 a colectividade entra em declínio e mesmo vencendo o campeonato concelhio no ano seguinte, a ausência de parque de jogos, massa associativa e atletas, contribuiu para que o clube não se inscrevesse no campeonato. No entanto a prática desportiva prosseguiu com alguns jovens a alimentar a chama da colectividade até 1950, altura em que é inaugurado o actual estádio do emblema.

Seis anos depois o CD Trofense foi campeão da 3ª divisão distrital, ascendendo à 2ª divisão distrital em 1977/78, rumando logo a seguir à 1ª divisão distrital.

O percurso vitorioso do clube da Trofa continuou em 1983/84 e 1985/86, épocas em que garantiu a subida à 3ª divisão nacional e 2ª divisão nacional, respectivamente. No entanto, sofreu um revés em 1990/91, onde desceu à 3ª divisão nacional, regressando à 2.ª Divisão B Zona Norte na época 1992/93 após conquistar o título de Campeão Nacional da 3.ª Divisão, vencendo na final disputada em Mira de Aire, o Olivais e Moscavide.

 O "caso Varzim"

A rivalidade entre Trofense e Varzim começou a desenhar-se em 1993/94, data em que o emblema da Trofa desce  de divisão, na secretaria. Este é o momento mais negro da sua história, em que a cidade viveu tempos difíceis, com uma grande revolta contra a decisão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A interdição do estádio do Varzim por ordem da FPF fez com que o jogo entre as duas equipas se disputasse em Marco de Canavezes, onde o Trofense venceu por 0-1. Visto que o Varzim se encontrava em vias de descer à 3ª Divisão, pela reprovação da proposta de alargamento da 2ª divisão B e a não restituição ao Varzim dos pontos perdidos pela desclassificação do Valpaços, a 1ª secção do Conselho de Justiça dá provimento do recurso do Varzim e manda repetir o jogo na Póvoa, de onde o derrotado desceria de divisão.

Após violentas manifestações, que se arrastaram durante vários dias, os sócios decidiram, em assembleia-geral, que o clube deveria dar falta de comparência ao jogo, perdendo assim o desafio e descendo de divisão.

 

Dois feitos históricos: da Vitalis à Bwin Liga

Regressou à 2ª Divisão B Zona Norte em 1996/97 e de entre novas descidas e subidas conseguiu cimentar o seu lugar neste campeonato e na época 2005/06, ano das comemorações dos 75 anos do clube, conquistou escrever uma página inédita na sua história com a subida à 2ª Liga. Também em Iniciados, pela 1ª vez uma equipa de Formação ascendeu aos Campeonatos Nacionais.

Na época 2006/07, já com Rui Silva a presidente, conseguiu o décimo primeiro lugar, e nesta temporada, alcançou novo feito histórico com a subida surpreendente à Primeira Liga.