Select Page

Uma abertura oficial ao público “estragada” pela chuva

Uma abertura oficial ao público “estragada” pela chuva

O livro elaborado por Vasco Flores, Alberto Maia, Celestino Costa e Joel Dias, sobre a biodiversidade existente junto ao Parque das Azenhas, podia ter sido lançado há mais tempo, mas só o foi no sábado, 25 de março, para coincidir com a abertura oficial do Parque. Quem o disse foi o presidente da Câmara Municipal da Trofa, Sérgio Humberto, aquando do lançamento do livro, anunciando que “a receção provisória da obra” tinha sido assinada no dia anterior.
Apesar de ser oficial, a abertura não foi anunciada à população, no entanto, para memória futura reside junto ao posto de apoio à visitação do Parque das Azenhas, junto à Academia Municipal Aquaplace, uma placa evocativa das datas de 2007, início do projeto, 2013, início das obras, e 25 de março de 2017, abertura oficial.
Depois da apresentação do livro, os presentes – na sua maioria pessoas ligadas às diferentes estruturas e serviços da Câmara Municipal e à empresa que realizou a obra – foram convidados a marcar a abertura oficial do Parque, sendo que o presidente da Câmara só poderia ir “até à entrada”, para depois se ausentar para “outro compromisso”. Só que a chuva começou a cair e desencorajou os convidados que acabaram por sair do local sem pisar o passadiço.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização