quant
Fique ligado

Edição 661

Última obra de Alberto Carneiro no Porto

Publicado

em

“Três metáforas de árvore para uma árvore verdadeira” foi a última obra do escultor Alberto Carneiro, falecido a 15 de abril de 2017, “concebida especificamente” para o Largo de S. Domingos, na cidade do Porto.

O conjunto escultórico é constituído por “uma oliveira natural” e “três árvores em granito”, com “alturas de seis, sete e oito metros”, que se apresentam “com troncos esguios, nos quais se inscrevem as palavras ‘Vida’ e ‘Arte’, temas recorrentes em toda a obra de Alberto Carneiro”. “Sobrepõem-se as copas, alongadas e estilizadas, marcando a verticalidade do local”, adiantou em nota de imprensa, a Câmara Municipal do Porto.
“Três metáforas de árvore para uma árvore verdadeira” foi executada pela Cooperativa dos Pedreiros e concluída já depois da morte do escultor de S. Mamede do Coronado, que foi também docente na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e autor de uma vasta e aclamada obra que revisita formas e materiais da natureza.
A empresa municipal de Gestão e Obras do Porto (GO Porto) começou as obras no dia 19 de fevereiro e espera que as mesmas estejam concluídas “dentro de um mês”.
Segundo fonte da autarquia portuense, a instalação desta obra é encarada como “um fator de valorização do Largo de S. Domingos e envolvente, sendo mesmo vista como potenciadora de atração de mais públicos à zona”.
A obra do mestre Alberto Carneiro insere-se no Programa de Arte Pública, lançado pelo Município do Porto em fevereiro de 2015, e já consta da Rota Contemporânea do Mapa de Arte Pública do Porto.
A obra pode ser ainda melhor compreendida numa sessão do ciclo municipal “Um Objeto e Seus Discursos por Semana”, a apresentar brevemente. Nesta sessão, a autarquia do Porto espera contar com a participação da historiadora Catarina Rosendo, viúva de Alberto Carneiro e coautora, com Olga Ramos, do filme-documentário sobre o escultor “Dificilmente o que habita perto da origem abandona o lugar”.

 

Fotografia: Daniel Rocha

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 661

Savinor com selo “Sabor do Ano”

Publicado

em

Por

“Este reconhecimento é fruto de um trabalho de equipa e é mais uma prova da qualidade dos nossos produtos”. Foi desta forma que António Isidoro, CEO do grupo Soja de Portugal, reagiu à distinção da empresa Savinor com o Selo Sabor do Ano 2018. O reconhecimento foi feito no dia 8 de fevereiro, no Time Out Market, em Lisboa, e a representar a empresa e para receber o prémio esteve Artur Tomás, diretor comercial da Savinor.
Este estatuto, criado pela Monadia – representada em Portugal pela Global Quality Iberia -, é apresentado como um prémio baseado “nas qualidades gustativas de consumidores habituais” de determinados produtos, que definem os atributos em análise no estudo de acordo com as suas exigências. Segundo fonte da empresa sediada em Covelas, no concelho da Trofa, o título foi alcançado após “comparação diretamente com os principais concorrentes do mercado, alcançando a melhor pontuação em todos os critérios de avaliação na sua categoria”.
Para António Isidoro, este prémio “comprova também o porquê” de a Savinor “ter alcançado o patamar de referência para o consumidor português”.

Continuar a ler...

Edição 661

Domingos Ferreira vence em Braga

Publicado

em

Por

O guidoense Domingos Ferreira venceu o 1.º Duatlo Cross de Braga, no domingo, 18 de fevereiro. O atleta conseguiu destacar-se na categoria Open e na classificação geral da prova, defendendo as cores da equipa amadora Ruprec Team. A competição estava inserida na prova inaugural do Campeonato Nacional de Clubes Cross. O duatlo com a distância sprint contou com um percurso de BTT com algumas zonas de subidas acentuadas.
Nascida este ano, a equipa de BTT Ruprec Team é composta por corredores de Alvarelhos, Guidões, Lousado e Joane. “Criei a equipa para conseguir que amigos pudessem ter apoio para competir a este nível, uma vez que as despesas são muitas. Contamos com patrocinadores maioritariamente da Trofa, a quem agradeço a oportunidade que nos dão de praticar a modalidade e elevar o nome do concelho, como o Domingos fez no domingo”, explicou o responsável da Ruprec Team, Daniel Santos.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também