tulipalateralO treinador do Trofense mostrou-se  confiante em um bom resultado para o jogo com o Sporting, este sábado, na Trofa, em encontro da 16ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

Lembrando os bons resultados conseguidos contra os “grandes” – vitória sobre o Benfica (2-0), em casa, e empate (0-0) no Dragão frente ao FC Porto -, Tulipa disse esperar um Sporting em “alerta” e considerou que as condições do terreno podem influenciar o resultado.

“É evidente que ao conseguirmos esses bons resultados alertamos os nossos opositores. O Sporting está sob alerta”, disse o técnico.

As condições do terreno de jogo serão também um factor a ter em conta de acordo com o técnico: “Tivemos uma semana de chuva muito intensa aqui. Só conseguimos fazer uma unidade de treino no nosso relvado e as condições do terreno serão complicadas para ambas as equipas. Quem cometer menos erros e se adaptar melhor a essas condições, com certeza terá melhores resultados”.

Confrontado com o facto de ter conseguido melhores resultados contra equipas que, tradicionalmente, lideram a tabela do que contra adversários directos – o Trofense perdeu (3-1) na última jornada, em casa, frente ao Paços de Ferreira – Tulipa lembrou que a sua equipa jogou com menos um jogador durante muito tempo e realçou que o objectivo do clube se está a “materializar aos poucos”.

“No último jogo tivemos uma penalização muito grande, que foi ficarmos reduzidos a 10 elementos aos 28 minutos. Mas acabamos a primeira volta numa posição em que, se o campeonato acabasse aqui, garantiríamos o nosso objectivo”, disse o técnico do Trofense, que segue em 14º lugar com 12 pontos, um lugar acima da “linha de água”.

Sobre o Sporting, Tulipa considerou o conjunto orientado por Paulo Bento “similar” ao FC Porto e realçou a “boa mobilidade” do avançado Liedson.

“Sabemos que o Sporting é um bocadinho similar ao FC Porto. É uma equipa que ora consegue manter a posse de bola e circula-a bem, ora aproveita para fazer ataques muito rápidos e objectivos. O Liedson é um jogador com uma mobilidade muito grande na frente de ataque e que qualquer treinador aprecia e gosta”, afirmou o técnico da equipa da Trofa.

Questionado sobre se a conquista de um ponto frente ao terceiro classificado (com 30 pontos) e candidato ao título seria já um bom resultado, Tulipa admitiu essa hipótese, mas preferiu afirmar que nunca prepara as equipas a pensar no empate.

“Nunca preparo as equipas para empatar. Geralmente quem prepara as equipas para empatar, perde. Nós preparamo-nos sempre para ganhar. Mas, sabendo o poderio do nosso adversário, isso também pode ser um resultado positivo. O que queremos é ir somando os pontos necessários que nos permitam continuar neste escalão”, frisou.

O treinador do Trofense manteve três dos quatro “reforços de Inverno” na lista de convocados para a recepção ao Sporting, em jogo da 16ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

O técnico Tulipa convocou Varela, Dagil – ambos ex-Estoril-Praia, da Liga de Honra -, e o brasileiro Charles Chad (ex-Ceará) para o jogo de sábado contra os “leões”.

Dos quatro jogadores contratados na reabertura do mercado, apenas o reforço Moustapha (ex-Stella d’Abidjan, da Costa do Marfim) ficou de fora da convocatória.

O guarda-redes Vítor, o médio Rui Borges e o avançado uruguaio Lipatin também ficam de fora dos eleitos, mas devido a lesão, enquanto o defesa Paulinho e o médio Mércio cumprem castigo.

O jogo entre o Trofense, 14º colocado, e o Sporting, terceiro, realiza-se sábado, a partir das 18:00 horas, na Trofa, sob arbitragem de João Ferreira, de Setúbal.

 

Lista de convocados:

– Guarda-redes: Paulo Lopes e Marco.

– Defesas: Valdomiro, Areias, Miguel Ângelo, Milton do Ó, Tiago Pinto e Varela.

– Médios: Zamorano, Pinheiro, Delfim, Hugo Leal, Edú e Sidney.

– Avançados: Reguila, Edú Souza, Hélder Barbosa, David Caiado, Dagil e Charles Chad.

{flvremote}http://trofa.otos.tv/videos/conferencia30_01_09.flv{/flvremote}