“Mais de 30 clubes nacionais e estrangeiros” participaram no Torneio das Escolinhas de Ringe, que se realizou no Estádio do Clube Desportivo das Aves, durante domingo, 8 de junho.

Entre estas estavam três equipas do Clube Desportivo Trofense: uma de mini (petizes), uma de pré-escolas (traquinas) e escolas (benjamins). Segundo Henrique Santos, coordenador da Escola de Futebol Trofintas, “em termos desportivos os resultados não foram os que ambicionavam”, mas “os miúdos divertiram-se e isso é o que é mais importante”. “É uma vivência nova para muitos deles. No caso dos minis passaram uma época a trabalhar futebol de três e neste momento estão a ter o primeiro contacto com futebol de cinco e, no caso dos traquinas, trabalharam o futebol de cinco e tiveram o primeiro contacto com o futebol de sete”, explicou, contando que “a participação foi positiva pelo ambiente e convívio”, sendo para “repetir”.

Apesar de as escolinhas do Trofense estarem filiadas na Associação Portuguesa de Escolas de Futebol, “unicamente há um torneio organizado por mês” e “todas as outras competições são mais informais” e organizadas pelo clube. “Um torneio com este ambiente todo e com grandes equipas de renome, no caso do Boavista, Porto, Vizela e Guimarães, para os miúdos faz muita diferença, porque vivem muito isso”, referiu.

Com “cerca de 600 atletas”, o Torneio das Escolinhas de Ringe, que já vai na 8ª edição, foi organizado pela Associação de Moradores do Complexo Habitacional de Ringe (AMCHR), com o apoio da Câmara Municipal de Santo Tirso. Para o presidente Joaquim Faria, esta é “uma festa de futebol”, um “encontro onde não interessa quem ganhe ou quem perca, mas que as crianças se divirtam e façam aquilo que mais gostam que é jogar futebol”.