O primodivisionário Trofense garantiu  a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao vencer no reduto do Aliados do Lordelo, da II Divisão, por 1-0, com um golo de Valdomiro, aos 89 minutos.  O Aliados não se intimidou com os “galões” do Trofense, chamou a si o controlo do jogo e dispôs de uma primeira situação de perigo por Tonanha, aos sete minutos, resolvida pelo guarda-redes Paulo Lopes.

    Mais rápido sobre a bola, o Aliados tapou na primeira meia hora de jogo todos os caminhos para a sua área, vulgarizando a apática formação trofense, que só importunou o guarda-redes César aos 27 minutos.

    A primeira grande oportunidade de golo surgiu aos 28 minutos, para o Aliados, num livre directo cobrado por Igor, em posição frontal, que fez a bola passar próximo do poste direito da baliza do Trofense.

    Com o aproximar do intervalo, o Aliados começou a perder força e o Trofense chegou com mais facilidade à baliza de César, por Lipatin, aos 32 minutos, e através dos livres de Paulinho, aos 35 e 45.

    Na segunda parte o equilíbrio manteve-se, o futebol praticado por ambas as equipas melhorou e as oportunidades de golo sucederam-se, tendo os guarda-redes Paulo Lopes e César sido chamados a trabalho redobrado.

    Lipatin, servido por Hélder Barbosa, aos 64 e 65 minutos, falhou o golo por pouco, muito por culpa do guarda-redes César, que voltou a estar em evidência ao 78 e 88, com duas grandes defesas para canto.

    O Aliados, em contra-ataque, procurou explorar os “buracos” defensivos do Trofense para criar perigo, nomeadamente por Tonanha, aos 79 minutos, e Biscoito, aos 87, mas esbarrou quase sempre em Paulo Lopes.

    O golo que colocou o Trofense na quarta eliminatória da Taça de Portugal surgiu através de um cabeceamento de Valdomiro, aos 89 minutos, na sequência de um canto por Paulinho, “às portas” do prolongamento.

   

    Jogo no Estádio Alto da Parteira, em Lordelo.

    Aliados de Lordelo – Trofense, 0-1.

   

    Ao intervalo: 0-0.

    Marcador:

    0-1, Valdomiro, 89 minutos.

   

    Equipas:

    – Aliados: César, Coelho, André, Festas, Pedrinho, Rui Costa, Igor (Bessa, 90), Hernâni, Jorginho, Tonanha e Bezú (Biscoito, 83).

    (Suplentes: Adriano, Filipe, Maia, Montenegro, Biscoito, Bessa e Chiquinha).

    – Trofense: Paulo Lopes, Paulinho, Milton do Ó, Miguel Ângelo, Valdomiro, Edú, Mércio, Pinheiro (Rui Borges, 63), Hélder Barbosa, Lipatin (David Caiado, 92) e Edú Souza (Reguila, 73).

    (Suplentes: Vítor, Delfim, Reguila, Tiago Pinto, Rui Borges, Zamorano e David Caiado).

   

    Árbitro: Vasco Santos (Porto).

    Acção disciplinar: cartão amarelo para Bezú (79) e Edú (80).

    Assistência: cerca de 2.300 espectadores.