O Desportivo das Aves isolou-se hoje provisoriamente no terceiro lugar da Liga de Honra de futebol, ao bater em casa o Trofense por 3-1, numa partida em que atuou com mais um jogador durante cerca de 35 minutos.

Os golos dos avenses foram marcados por João Pedro (45+2 minutos), Pires (56, de grande penalidade) e Dally (80), tendo o defesa central Santos (74) reduzido para o Trofense, que jogou com menos um jogador a partir dos 55 minutos por expulsão de João Viana (duplo cartão amarelo).

O Desportivo das Aves somou a quarta vitória consecutiva – fez 13 pontos nos últimos 15 possíveis – e com 26 pontos está a apenas um do segundo, o Moreirense, e a três do líder, o Estoril-Praia, tendo de esperar pelo jogo entre o Atlético e Oliveirense, na segunda-feira, para saber se a equipa lisboeta também chega aos 26 pontos.

Com esta derrota, a primeira de João Eusébio no comando técnico, o Trofense vê assim nterrompida uma série de quatro jogos sem perder (duas vitórias e dois empates).

Na primeira parte, o Desportivo das Aves assumiu desde cedo a iniciativa atacante e foi quase sempre superior, ainda que a primeira grande oportunidade de golo tenha pertencido ao Trofense, quando Feliz, na cara de Marafona, permitiu a defesa ao guarda-redes (25).

O Aves respondeu logo a seguir, com Trigueira a defender com muita dificuldade um centro remate de Nélson Pedroso (26 minutos) e, já a terminar o primeiro período, Pedro Pereira rematou cruzado para defesa difícil de Trigueira.

Da marcação do pontapé de canto, cobrado por Nélson Pedroso, nasceu o primeiro golo da partida, através de um cabeceamento imparável de João Pedro (45+2).

O Trofense reentrou bem na segunda parte e, aos 51 minutos, Pedro Santos obrigou Marafona a empenhar-se, mas seria a equipa da casa a aumentar o marcador pouco depois, por Pires (56), que converteu uma grande penalidade a punir uma falta, que não existiu, de João Viana (viu o segundo cartão amarelo e foi expulso) sobre Quinaz.

O Trofense reagiu e ainda reduziu, num belo golpe de cabeça do central Santos, após canto da direita cobrado por Feliz (74), mas com menos um jogador não resistiu a mais um golo dos avenses, por Dally, que finalizou bem um centro de Pedro Cervantes da direita (80).

Jogo disputado no Estádio do Clube Desportivo das Aves, em Vila das Aves.

Desportivo das Aves – Trofense, 3-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, João Pedro, 45+2 minutos.

2-0, Pires, 56 (grande penalidade).

2-1, Santos, 74.

3-1, Dally, 80.

Equipas:

– Desportivo das Aves: Marafona, Geraldes, Tiago Valente, João Pedro, Nélson Pedroso, Tito, Grosso, Quinaz (Dally, 70), Pedro Cervantes, Pedro Pereira (Vasco Matos, 84), Pires (Fonseca, 88).

(Suplentes: Rui Faria, Romaric, Ricardo Martins, Bischoff, Vasco Matos, Dally, Fonseca).

– Trofense: Trigueira, João Viana, Santos, Elvis, Pedro Araújo, Pedro Santos (David, 87), Tiago, Dinis (Zé Manel, 63), Edu, Feliz, Reguila (Fábio Fortes, 70).

(Suplentes: Marco, David, Zé Manel, Rafa, Fábio Fortes, Fábio Moura, André Viana).

Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Viana (31 e 55), Tito (68), Edu (70), João Pedro (72). Cartão vermelho para João Viana (55).

Assistência: cerca de 700 espetadores.

Lusa