trofense-equipaO Trofense, último classificado da Liga, foi impedido de registar novos contratos de jogadores ou renovar os já registados, anunciou hoje o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

    De acordo com o comunicado, datado de quarta-feira, mas apenas hoje publicado no sítio oficial da FPF e que alude a uma reunião do CD de 13 de Novembro, o Trofense não fez “prova de pagamento da indemnização e juros respectivos ao Atlético Cabeceirense” e das “importâncias devidas à Federação.

Em causa está a transferência de Chico, avançado que antes de ingressar no Trofense estava no Famalicão, que posteriormente se transferiu para o Varzim e que agora representa o Farul Constanta, da Roménia.

    Contatacto pela Lusa, o vice-presidente do Trofense responsável pela área jurídica, Miguel Carvalho, disse que o clube “tinha a noção de que existia uma questão pendente, que tinha a ver com direitos de formação”, mas discorda do montante exigido.

    “Não concordamos com o valor, mas vamos reunir e resolver. Não estamos em período de inscrições, por isso, não é urgente nem preocupante, mas os adeptos podem estar descansados porque o Trofense vai regularizar tudo brevemente. Prefiro tratar a questão directamente com o clube em causa”, acrescentou.
.