O Trofense goleou hoje o Freamunde por 4-0, em jogo da 17.ª jornada da Liga de Honra de futebol, com um “bis” de Reguila e que permitiu abandonar os últimos lugares da tabela classificativa.

Dois golos marcados ainda na primeira parte, por André Carvalhas e Edú, e dois golos apontado por Reguila nos últimos minutos da partida, garantiram à equipa da casa garantir três importantes pontos.

Numa primeira parte pobre e sem ritmo destacaram-se os dois lances que deram origem aos golos do Trofense.

Aos 16 minutos, André Carvalhas, de fora da área, surpreende com um bonito “chapéu”, que não deu qualquer oportunidade de defesa ao guarda-redes Assis.

O segundo tento chegou já perto do intervalo. Após marcação de canto, a bola sobrou para Reguila que, de cabeça, atrasou para Edú que, à entrada da área, cabeceou e aumentou a vantagem do Trofense.

No segundo tempo, o Freamunde não conseguiu responder eficazmente, valendo apenas as intenções de Bock. O avançado dos visitantes foi o mais inconformado, mas nunca conseguiu ser eficaz.

Nos minutos finais do encontro, Reguila esteve em destaque. O avançado da equipa da Trofa bisou, selando uma goleada motivadora para o Trofense, que passa por momentos de dificuldade em virtude de problemas financeiros.

Jogo no Estádio Clube Desportivo Trofense

Trofense – Freamunde, 4-0.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, André Carvalhas, 17 minutos.

2-0, Edú, 32.

3-0, Reguila, 87.

4-0, Reguila, 90 + 4.

Equipas:

Trofense: Pedro Trigueiro, David, Pedro Santos, Élvis, Pedro Araújo, Tiago (André Viana, 83), Crivellaro (Dinis, 77), Édu, André Carvalhas (João Viana, 89), Reguila, Zé Manel.

(Suplentes: Marco, Dinis, Moustapha, Fortes, Moura, André Viana, João Viana).

Freamunde: Assis, Tarcísio, Luís Pedro, Hélder Sousa, Serginho, Babo, Bruno Magalhães, Pedro Moita (Machado, 65), Bock, Horácio, Luciano (Pedro Henrique, 53).

(Suplentes: Tó Figueira, Pedro Henrique, Machado, Vieira, Paulo Monteiro, Baptista, Pedrinho).

Árbitro: Jorge Sousa (Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Luciano (4), Pedro Moita (29), Pedro Henrique (80), Dinis (81), Edú (86).

Assistência: cerca de 700 espetadores.

Fonte: Lusa

{fcomment}