O Trofense empatou sem golos na visita ao Varzim, em jogo da 26ª jornada da Liga de Honra de futebol, e foi alcançado pelo Rio Ave no primeiro lugar da classificação.

     Ambas as equipas somam 46 pontos, mais cinco do que Olhanense e Vizela, os terceiros classificados, e defrontam-se na Trofa na próxima jornada, num encontro que pode ser decisivo para a subida de divisão.

    O Varzim, com 33 pontos, encontra-se tranquilo no nono lugar da tabela, com a permanência quase assegurada, e assegurou a melhor assistência da época (perto de 4.500 espectadores), com a presença de cerca de 2.000 adeptos visitantes.

    A primeira parte foi disputada a um ritmo intenso, com o Varzim a desfrutar das melhores oportunidades de golo: Tito (20 minutos), Marco Cláudio (28) e Emanuel (31) podiam ter desfeito o nulo.

    O Trofense, cujo futebol se baseia na força física e envergadura dos seus jogadores, foi conseguindo equilibrar o encontro a meio-campo, mas apenas Moukouri, aos 24 minutos, incomodou a baliza de Bruno Conceição, com um cabeceamento por cima.

    O Trofense entrou melhor no segundo tempo, subindo as suas linhas e criando um fosso entre o meio-campo e o ataque da equipa da casa, que passou a ter muitas dificuldades em manter a posse de bola.

    A melhor ocasião de golo de todo o encontro surgiu aos 49 minutos, quando Ricardo Nascimento, isolado, rematou contra o guardião varzinista, com Pedro Santos a salvar, em cima da linha, a recarga de Rui Borges.

     Com os visitantes em busca do golo, o desafio tornou-se mais tenso, já que o árbitro Artur Soares Dias optou por deixar passar em claro vários duelos físicos, evitando marcar muitas faltas.

    O critério de Artur Soares Dias provocou muitos protestos na bancada e algumas picardias no relvado, onde o futebol baixou de qualidade e os lances de perigo escassearam.

    Rui Borges, aos 92 minutos, ainda dispôs de uma última ocasião para quebrar o nulo, mas os dois conjuntos pareceram satisfeitos com o resultado, justo para o que se passou em campo.

   

    Jogo disputado no Estádio do Varzim Sport Club.

    Varzim – Trofense, 0-0.

    Ao intervalo: 0-0.

   

    Equipas:

    – Varzim: Bruno Conceição, Sarmento (Pedro Santos, 17), Alexandre, Nuno Gomes, Telmo, Malafaia, Emanuel, Tito, Marco Cláudio, Candeias (Ukra, 81) e Yazalde.

    (Suplentes: Bruno Vale, Neto, Pedro Santos, Ruben, Campinho, Ukra e Tássio).

    – Trofense: Paulo Lopes, Milton do Ó, Edu, Valdomiro, Zamorano, Rui Borges, Pinheiro, André Barreto, Ricardo Nascimento (Gora Tall, 93), Moukouri (Edu Souza, 74) e Reguila (Paulo Sérgio, 81).

    (Suplentes: Vítor, Maia, Theo, Edu Souza, Kazeem, Paulo Sérgio e Gora Tall).

   

    Árbitro: Artur Soares Dias (Porto).

    Acção disciplinar: Cartão amarelo para Pedro Santos (33), Rui Borges (50), Yazalde (70) e Alexandre (86).

    Assistência: Cerca de 6000 espectadores.