Trofense e Penafiel empataram hoje na Trofa 2-2, encontro da primeira jornada da Liga de Honra em futebol em que os visitantes estiveram por duas vezes em vantagem.

Com golos de Pedro Coronas (31 minutos) e Allyson (72), o Penafiel esteve em duas ocasiões na frente do marcador, mas os locais responderam sempre, com tentos de Zé Manel (61) e Pedro Santos (94).

Do lado da equipa orientada por Francisco Chaló, destaque para as tentativas de Manoel aos 16 e 30 minutos. O guardião Marco mostrava alguma insegurança entre as redes, situação que se confirmou, aos 31 minutos, quando Pedro Coronas completou um remate de Manoel e fez o primeiro golo do encontro.

O médio brasileiro Janderson, reforço de António Sousa, era o mais insatisfeito com a desvantagem. Aos 40 minutos, atirou rente à trave de Riça, enquanto aos 45 permitiu a defesa do guardião do Penafiel.

Na segunda parte, esperava-se que o Trofense começasse mais afoito e à procura do empate, mas foi o Penafiel a criar perigo em primeiro lugar.

O golo que fez o público trofense vibrar e voltar a acreditar numa reviravolta no marcador acabaria por ser apontado por Zé Manel, que pontapeou com muita força, de fora da área, sem dar hipóteses a Riça (61 minutos).

Com o empate alcançado, o Trofense passou a descurar a defesa e a apostar exclusivamente no ataque e acusou muito nervosismo. Os lances de disputa entre jogadores elevaram os ânimos e o juiz lisboeta foi obrigado a mostrar vários cartões amarelos.

Na sequência de um canto apontado por Mota, Allyson apareceu ao segundo poste e fez o segundo golo do Penafiel (72 minutos). Marco voltou a ter culpas e mostrou desatenção.

Para tentar reverter a situação, o treinador trofense apostou nas estreias de Gilmar (emprestado pelo Rio Ave) e Fábio Fortes (emprestado pelo Vitória de Guimarães), ambos reforços com menos de uma semana de treinos às ordens de António Sousa, mas a bola, apesar dos vários remates desesperados destes atletas, teimava em não entrar na baliza do Penafiel.

Pedro Santos acabaria por repor a igualdade no marcador no último lance de jogo, com um cabeceamento, após passe de Fábio Fortes, aos 94 minutos.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Penafiel, 2-2.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Pedro Coronas, 31 minutos.

1-1, Zé Manel, 61 minutos.

1-2, Allyson, 72 minutos.

2-2, Pedro Santos, 90+4 minutos.

Equipas:

– Trofense: Marco, David, Pedro Araújo, Santos (Pedro Santos, 46), Elvis, Tiago, Edú, André Carvalhas (Gilmar, 73), Janderson (Fábio Fortes, 81), Zé Manel e Reguila.

(Suplentes: Trigueira, Fortes, Moreilândia, André Viana, Pedro Santos, João Viana e Gilmar).

– Penafiel: Riça, Luís Dias, Paulo Oliveira, Allyson, Elízio, Rafa Sousa, Pedrinha, Bruno Jesus (Mota, 70), Pedro Coronas (Pereira, 90+2), Manoel (Diogo Viana, 59) e Baptiste.

(Suplentes: Tiago, Torres, Pereira, Mota, Luís Carlos, Diogo Viana e Aldair).

Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Elízio (33), Manoel (58), Pedro Araújo (71), Zé Manel (74) e Janderson (75).

Fonte: Lusa

{fcomment}