luisdiogo

Trofense começa a 2ª Liga em casa com o Benfica B, numa partida marcada para as 19 horas. Treinador pede “paciência” e garante que jogadores já mostram “sinais de crescimento”.

A “atitude” e a “disponibilidade” foram dois dos pontos positivos que Luís Diogo Campos, treinador da equipa sénior do Trofense, destacou na análise à pré-época do grupo. Em declarações ao NT, o técnico disse, inclusive, que “os objetivos” que foram traçados para o período de preparação “foram atingidos”, já que os jogadores “corresponderam mesmo em situações difíceis, devido ao cansaço acumulado”.

Os jogos oficiais começaram com a Taça da Liga e ditaram uma vitória (diante do União da Madeira) e duas derrotas (com o Beira-Mar e Portimonense), resultados que “ajudaram a ter mais indicadores sobre a equipa”. Luís Diogo sublinhou que “é preciso ter um pouco de paciência, porque a equipa está construída com uma base, mas tem jogadores muito novos e de nacionalidades diferentes que não estão habituados a esta realidade”. Este pensamento serve de mensagem para os adeptos, a quem Luís Diogo pede também “confiança”, justificando que “a equipa está a trabalhar bem e a dar sinais de crescimento”. “É importante compreender para não queimarmos etapas de aprendizagem”, frisou.

Apesar de estar “satisfeito” com “todos os jogadores”, Luís Diogo não fecha a porta à possibilidade de o plantel ser apetrechado com mais algum jogador, e muito provavelmente para apetrechar “a linha avançada”. “Se podermos melhorar e acrescentar mais-valias à equipa, obviamente que nos dará mais algumas garantias. Se não for caso disso, é com estes atletas que vamos para a guerra”, acrescentou.

No sábado, começa o verdadeiro desafio para a equipa, com a primeira jornada da 2ª Liga. O Trofense joga em casa com o Benfica B, às 19 horas, numa partida em que a formação liderada por Luís Diogo poderá assumir as despesas do jogo, em vez de optar pelo contra-ataque. “Temos jogadores com características para isso, mas cada jogo é um jogo e, por vezes, temos que alterar o estilo mediante os acontecimentos e o adversário”, referiu.

O treinador terá quase todo plantel à disposição, à exceção dos centrais Luiz Alberto, a cumprir castigo por ter sido expulso no jogo de domingo, diante do Portimonense, e Dennis Nieblas, que está lesionado. Chico também recupera de uma lesão que o afastará dos relvados por meio ano.