O Trofense venceu hoje o Desportivo das Aves por 2-0 em jogo da 24.ª jornada da Liga de Honra de futebol.

Bahin, aos 39 minutos, e Reguila, aos 84, marcaram os dois golos muito festejados, quer pelo efeito, no caso do primeiro, quer por quebrar o jejum do melhor marcador da Honra na época passada, que ainda não tinha marcado na atual.

Com este triunfo, o Trofense assumiu a liderança, aguardando a receção do Feirense ao Varzim e a deslocação da Oliveirense a Santa Clara, e permanece na luta pela subida à Liga.

A equipa orientada por Porfírio Amorim entrou melhor na partida e tomou conta do jogo. Serginho, surpreendentemente colocado à direita, foi o primeiro a tentar o golo, aos sete minutos, mas atirou ao lado.

Seguiram-se os remates de Nildo, aos 13, e Varela, aos 32, que, ambos de livre, rasparam o poste e a barra da baliza do Desportivo das Aves.

Bahin acabou por dar vantagem aos anfitriões, com naturalidade, aos 39 minutos, com um remate em “chapéu” à entrada da área sem dar hipóteses a Hélder Godinho.

Na segunda parte, o Trofense manteve-se dominante perante um Desportivo das Aves apático que pouco mais fazia do que tentar aproveitar os erros do adversário.

Aos 53 minutos, Licá e Bahin repartiram os louros de uma das jogadas mais perigosas da etapa complementar, mas a bola acabou por sair pela linha lateral.

Vasco Matos criou, finalmente, algum perigo junto da baliza de Marco, com um remate forte, na marcação de um livre, que o guarda-redes local socou, em esforço.

Caicó, aos 78 minutos, podia ter dilatado a vantagem mas faltou a pontaria afinada que Reguila teve, a seis minutos dos 90, quando rematou rasteiro já com Hélder Godinho batido, após passe de Nildo.

 

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Desportivo das Aves, 2-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Bahin, 39 minutos.

2-0, Reguila, 84 minutos.

Equipas:

– Trofense: Marco, Gégé, Pedro Ribeiro, Varela, Igor, Moreilândia, Filipe Gonçalves, Nildo, Serginho (Santos, 89), Bahin (Reguila, 70) e Licá (Caicó, 74).

(Suplentes: Alex Alves, Caicó, Reguila, Nikiema, Chico, Santos e Ricardo Nunes)

– Desportivo das Aves: Hélder Godinho, Marco Airosa, João Pedro, Tiago Valente, Vítor Vinha, Grosso (Marco Cláudio, 66), Júlio César, Lourenço, Pedro Pereira (Vasco Matos, 46), Luisinho (Fary, 57) e Tozé Marreco.

(Suplentes: Hugo Ferreira, Pedro Cervantes, Marco Cláudio, Leandro, Fary, Vasco Matos e Nelson Veiga).

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Moreilândia (09), Lourenço (30), Filipe Gonçalves (55) e Reguila (85).

Assistência: Cerca de 1500 espetadores.

PYT.

Lusa