Para combater o défice infra-estrutural do concelho da Trofa, a empresa pública municipal Trofáguas – Serviços Ambientais apresenta esta quinta-feira a rede de drenagem de águas residuais a Santiago de Bougado. Esta empreitada decorrerá nos lugares da Maganha, Cidai Bairros e Lantemil.

   O acto público terá início às 11 horas, junto à capela de Nossa Senhora da Livração, na Freguesia de Santiago de Bougado e contará com a presença de alguns autarcas do concelho bem como a do presidente do conselho de administração empresa Trofáguas, António Pontes.

Esta empreitada, adjudicada no valor de 1,734,707,65 euros, dotará mais uma freguesia do concelho de saneamento. Associado a esta obra estará ainda o melhoramento dos arruamentos da Freguesia de Santiago de Bougado.

A empresa municipal Trofáguas- Serviços Ambientais, desenvolve assim uma política estratégica de investimento, no sentido de inverter o défice de infra-estruturas do concelho da Trofa.

Recorde-se que uma das metas da empresa é atingir em 2009 cerca de 90 por cento do território coberto pela rede de Saneamento em todo o concelho.

A designação da empreitada "Rede de Drenagem de Águas Residuais a Santiago de Bougado, aos Lugares de Maganha, Cidai, Bairros e Lantemil".

Esta empreitada tem por objectivo colmatar a inexistência de saneamento básico nos lugares citados, com a construção de mais de 32 km de rede de drenagem de águas residuais e de cerca de 1000 ramais domiciliários.

Para o Presidente da Trofáguas, António Pontes, "este novo concurso segue a política que temos adoptado no sentido de dotar todo o Concelho da Trofa de infra-estruturas básicas: a rede de água e a rede de saneamento básico." António Pontes referiu, ainda, que "é claro que como Trofense, mas também, em particular, como Bougadense, esta empreitada tem um significado especial visto que se traduz num salto qualitativo para a Trofa, mas especialmente para a freguesia de Santiago de Bougado".

"Temos a consciência que este tipo de obras não são as que dão mais votos, mas são a base para o progresso do nosso Jovem Concelho, que pretendemos que se desenvolva e esteja ao nível dos melhores concelhos de Portugal, mas de uma forma equilibrada e sustentável" expôs o presidente da Trofáguas.

Para que a ligação à rede de saneamento não se torne num encargo muito grande para as famílias Trofenses, a empresa municipal tem adoptado "uma política comercial pró-activa que se traduz na facilidade de pagamento em prestações da ligação, sem qualquer custo adicional", assegurou o responsável da Trofáguas..