Depois de fazer das rabanadas um “hino” à gastronomia trofense, a Câmara Municipal da Trofa quer “internacionalizar” o Arroz Pica no Chão.

O anúncio foi feito pela edil Joana Lima, na sequência do almoço alusivo à iniciativa dos Fins-de-Semana Gastronómicos, que juntou autarquia e responsáveis da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

O também chamado Arroz de Cabidela foi rei no evento promovido pela entidade que gere o turismo no Norte do país e que contou com a participação da Trofa e de seis restaurantes do concelho. O MotoClube da Trofa teve honras de receber os responsáveis que, para além de se deliciarem com o arroz, também tiveram oportunidade de saborear a sobremesa escolhida para os seis restaurantes participantes: a Maçã Assada.

Depois de reconfortado o estômago, Joana Lima estava “orgulhosa” pela qualidade do prato que o restaurante serviu e anunciou que, à disponibilidade da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal para ajudar a promover a gastronomia do concelho, é objectivo “fazer um evento cultural e turístico na loja da Entidade, em Santiago de Compostela” e “quem sabe promover o Arroz Pica no Chão e internacionalizá-lo”.

fim-de-semana-gastronomico

Apesar de considerar que a iniciativa “foi um sucesso” no concelho, Joana Lima lamentou que apenas meia dúzia de restaurantes tenham aderido, tendo em conta os “excelentes estabelecimentos que se multiplicam na Trofa”. A falta de conhecimento pode ter sido um dos motivos para a não participação de mais restaurantes, mas a autarca acredita que “no futuro, caso o Fim-de-Semana Gastronómico se repita, com mais promoção se possa aderir de forma mais maciça”.

Joana Lima agradeceu a presença de Melchior Moreira, presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, e pela “amizade que tem pela Trofa, por saber das dificuldades e necessidades que temos na área do turismo”. O responsável escolheu a Trofa por entre outros concelhos que também assinalaram o Fim-de-Semana Gastronómico. Confirmando que o prato “estava delicioso”, Melchior Moreira afirmou que “não é a dimensão do concelho que tem importância” e que “todos os concelhos têm a mesma importância em termos de dimensão turística no Porto e a Norte”.

“Aquilo que é positivo é a junção de todas as características e de todo o potencial dos concelhos em termos de afirmação turística que fazem desta região um destino de excelência e qualidade. Quis estar aqui presente, acima de tudo, para agradecer à senhora presidente da Câmara Municipal da Trofa, uma pessoa claramente entusiasta destas actividades, porque é uma autarca nova, tal como eu também estou no início de um mandato novo, e porque é uma amiga de longa data”, referiu.

Os Fins-de-Semana Gastronómicos começaram a 23 de Janeiro no Marco de Canaveses e contam com a participação de 60 concelhos, mais de 50 por cento dos que fazem parte da NUT II, área abrangida pela entidade. Na iniciativa participam cerca de 900 restaurantes do Porto e Norte do país.

“Estamos no bom caminho. Esta actividade que o Turismo do Porto e Norte propõe aos municípios tem sido um sucesso, elegendo a gastronomia e vinho como uma oferta de excelência e procura do Porto e Norte de Portugal”, concluiu.

Nova agência de promoção externa do Porto e Norte entra em funções

A Associação de Turismo do Porto – Agência Regional, entidade que ficará responsável pela promoção turística do destino Porto e Norte de Portugal junto dos mercados externos é uma nova valência, cujos órgãos sociais tomaram posse na passada terça-feira. Melchior Moreira assumiu a presidência, acumulando-a com o cargo de presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Na vice-presidência estarão Vladimiro Feliz e Mário Fontemanha, vereadores do Turismo da Câmara Municipal do Porto e da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, respectivamente.

Esta nova agência é o resultado da união de todos os agentes e forças activas do Porto e Norte de Portugal em torno de uma estratégia coesa, aliando a promoção interna e externa da região.