A Trofa é um dos dez concelhos do país que apresenta maior percentagem de população activa inscrita no centro de emprego. Problema foi levantado na Assembleia Municipal.

A Trofa é um dos concelhos mais afectados pelo desemprego no país. O concelho está na lista dos que têm maior percentagem de população activa inscrita no centro de emprego.

A região Norte é a que lidera nos dados de Janeiro dos centros de emprego e nas estimativas da população activa, de acordo com os números do Instituto Nacional de Estatística. Espinho é o concelho com mais falta de trabalho no país, com quase 22 por cento de desempregados. Já Vila Nova de Gaia é único grande concelho do país no top 10 do desemprego, surgindo no penúltimo lugar. Com a Trofa surgem Santo Tirso, Castelo de Paiva e Baião como os concelhos do Norte com mais pessoas sem trabalho.

O desemprego no concelho trofense foi tema levantado pelo social-democrata Pedro Sousa, na última Assembleia Municipal, na segunda-feira, que interveio para questionar o executivo sobre quais as medidas que estão a ser tomadas para inverter a tendência da falta de trabalho. O elemento do PSD levantou ainda a possibilidade de a Trofa ter um Centro de Emprego e não uma extensão do de Santo Tirso.

A presidente da Câmara, Joana Lima, afirmou que “cerca de 80 por cento das audições na autarquia são para pedidos de emprego” e “não há forma de lhes responder positivamente”. A Câmara Municipal “tem dado passos” para ter um Centro de Emprego na Trofa, e “vai, muito brevemente, criar um gabinete de emprego de emergência”, salientou.

“O desemprego é uma preocupação constante no nosso pensamento e na nossa acção, mas a situação é muito difícil”, frisou. Joana Lima acrescentou ainda que a autarquia “está em articulação com a AEBA (Associação Empresarial do Baixo Ave) em relação ao desenvolvimento da formação”.

Quanto à Área de Localização Empresarial da Trofa (ALET), a autarca informou que “foi adjudicado um parceiro” para o arranque do projecto. “Hoje (segunda-feira) em Conselho de Administração na Trofa-Park, deliberámos a concepção da obra para poder começar a construir a ALET para aí atrair novas empresas e maior emprego”, concluiu.

Na lista apresentada com os números do INE, oito dos dez municípios com menos desemprego são da região Centro, mas é no Norte que fica a localidade do país com menor percentagem: Melgaço, com menos de três por cento de pessoas sem trabalho.