Os Ateliers "Despertar para a Ciência" marcaram o arranque de um conjunto de iniciativas que promoveram a educação no concelho da Trofa, na passada segunda-feira. Aos ateliers seguiram-se uma entrega de Prémios de Mérito Escolar e a assinatura de um protocolo com a Policlínica no Auditório da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado.

 Semana da Educação assinalada com protocolo e entrega de prémios "Com a semana da educação queremos sobretudo olhar para a forma como estamos neste momento em todos os aspectos que têm a ver com a educação aqui no concelho da Trofa", foi desta forma que António Pontes, vereador do pelouro da Educação caracterizou esta semana dedicada aos alunos trofenses.

O atelier "Despertar para a Ciência" deu o mote para a realização de um conjunto de iniciativas para promover a educação no concelho da Trofa: a entrega dos Prémios de Mérito Escolar, a realização de um protocolo com a policlínica, no Auditório da Junta de freguesia de Santiago de Bougado.

Para o vereador estes projectos ligados às ciências "desenvolvem algumas aptidões e motivam as nossas crianças aqui do concelho da Trofa para a área cientifico-tecnológica, uma área que tem uma enorme carência no país", explicou.

Estes ateliers decorrem durante toda a semana, de 14 a 17 de Abril, entre as 9.30 horas e as 11.30 horas e entre as 14 horas e as 16.30 horas num pavilhão junto ao supermercado Intermarché. O público alvo são os alunos do terceiro ano das escolas trofenses.

Quanto à entrega dos prémios António Pontes lembrou que "premiar os alunos que mais se destacaram no ano lectivo anterior, é importante, porque aqueles que trabalham, que se dedicam e estão nos patamares de excelência naturalmente que a Câmara Municipal procura também premiá-los por esse esforço".

Da escola EB2,3 de S. Romão do Coronado foram premiados os alunos Dulce Marisa Araújo Teixeira, 6º ano e Bruno Filipe Areal Silva do 9º ano. Do Externato Nossa Senhora das Dores, as alunas Ana Francisca Silva Figueiredo do 6º ano e Jéssica Daniela Lucas ramos do 9º ano.

Da escola EB2,3 da Trofa foram atribuídos prémios aos alunos Mariana Assunção Maia Marques, 6º ano, e a Carla patrícia Costa Campos do 9º ano. Da EB 2,3 de Alvarelhos receberam o prémio a Ana Catarina Nascimento Gomes do 6º ano e a Ana Sofia Moreira Marques do 9º ano. Da Escola Secundária da Trofa, os alunos Jorge André Gomes Lopes do 9º ano, Rute Daniela Morena da Rocha do 10º ano, Hugo Manuel Teixeira Abreu do 11º ano e do 12º ano, Susana Andreia Silva Pinto.

Ainda durante a cerimónia a Câmara Municipal renovou o protocolo de cooperação com Policlínica que visa "fazer com que todos os alunos aqui do primeiro ciclo das escolas do concelho possam ter um rastreio médico, muito completo, para naturalmente aferir alguma situação que não esteja correcta e que possa impedir o desenvolvimento natural da criança e no que diz respeito à sua aprendizagem", afirmou António Pontes.

João Sá, representante da clínica, satisfeito com a renovação deste protocolo pelo quarto ano consecutivo, adiantou a implementação, para breve, de um rastreio ao colesterol, "não descuidando a grande aposta na oftalmologia", frisou.

António Pontes adiantou ainda que a Câmara Municipal da Trofa "está agora apresentar várias candidaturas ao QREN para requalificar o parque escolar aqui do nosso concelho, tendo por base a aprovação da carta educativa que já foi feita há cerca de uma ano". Serão requalificadas três escolas: no agrupamento da Trofa, a Escola de Finzes, no agrupamento do Castro, a Escola do Muro da Estação e no agrupamento de Coronado, a escola de Querelêdo em Covelas.