Foi assinado hoje o protocolo de criação do núcleo territorial de combate à toxicodependência no concelho da Trofa. O Instituto da Droga e Toxicodependência, o Centro de Saúde da Trofa, a Associação de Solidariedade e Acção Social (ASAS) de Santo Tirso, a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia da Trofa, a Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação da Trofa, a Associação Empresarial do Baixo Ave, foram algumas das instituições que estarão associadas a este projecto.protocolo-toxicodependencia

A criação do núcleo territorial de combate à toxicodependência nasceu depois da apresentação de candidaturas das várias instituições e associações, que foi a segunda fase deste projecto que teve inicio em Setembro passado, aquando da apresentação do Estudo do Plano Operacional de Respostas Integradas relativo ao diagnóstico deste flagelo no concelho da Trofa.

Neste âmbito foi diagnosticado a integração do concelho da Trofa nas áreas moderadamente prioritárias do distrito do Porto no que respeita à prevenção e tratamento da toxicodependência.

O estudo apresentou também o perfil do consumo de droga nas freguesias urbanas do concelho da Trofa, apontando como grupos prioritários a intervir os menores em risco, os jovens consumidores de substâncias ilícitas, os consumidores problemáticos e os jovens e crianças em contextos disfuncionais.

A criação deste núcleo visa o combate à toxicodependência no concelho da Trofa, desenvolvendo Programas de Respostas Integradas para agir de forma a minimizar os riscos e prevenir novos casos.