A peça Tribos chegou à Casa das Artes em Famalicão na noite de dia 8 de Outubro para o primeiro de três espetáculos naquela sala.

Um enorme sucesso no Royal Court Theater (Londres) e vencedora do prémio New York Drama Critics, a peça chegou a Portugal pelas mãos da produtora Plano 6, com um elenco de luxo, protagonizado por António Fagundes e Bruno Fagundes. Pai e filho que se encontram pela primeira vez em palco no nosso País.

Billy (Bruno Fagundes) nasceu surdo no seio de uma família sem deficiências auditivas. Foi criado dentro de um casulo feroz e muito peculiar, adaptando-se brilhantemente ao comportamento pouco convencional da sua família. Mas quando Billy conhece Sylvia (Arieta Correia), uma jovem mulher prestes a ficar surda, entra em contato com uma nova realidade. E este será o ponto de viragem que o colocará perante a dúvida do que realmente significa pertencer a algum lugar.

O espetáculo é uma premiada comédia perversa, da autoria de Nina Raine, que promete criar uma inusitada relação com a plateia, entretendo, questionando e provocando.

A autora, de uma forma divertida e politicamente incorreta, usa a personagem de um deficiente auditivo para questionar as diversas limitações do ser humano. Inúmeras questões estão subentendidas na trama. Quem é mais surdo? Aquele que não consegue calar-se o tempo suficiente para se aperceber conscientemente de uma realidade diferente da sua, ou, aquele que fisicamente é incapaz de receber estímulos auditivos? Existirá surdez maior que o preconceito, o orgulho, a ignorância, o egoísmo ou a falta de amor? Como Billy percebe certa altura, no momento em que a fala desaparece a família escuta-o como nunca. Uma peça em nove atos que prende a audiência ao assento e não deixa ninguém indiferente.

A peça continuará em digressão em Portugal pelas cidades de Figueira da Foz, Póvoa do Varzim e Oliveira de Azeméis, depois de Lisboa, Porto e Braga, e antes do regresso aos palcos brasileiros.

Ficha técnica
Autor: Nina Raine
Encenador: Ulysses Cruz
Interpretação: António Fagundes, Bruno Fagundes, Arieta Correia, Eliete Cigaarini, Guilherme Magon, Maíra Dvorek

Texto: Joana Vaz Teixeira
Fotos: Miguel Pereira

Fotogaleria (clica nas imagens para aumentar)
{phocagallery view=category|categoryid=78}