Hoje resolvemos lançar este tema para que os nossos leitores disponham de mais um "meio" de reflexão, e porque não, de discussão construtiva e leal? Assim, poderão desenvolver a motivação que é indispensável para que a mudança que já se iniciou aquando da criação do Concelho da Trofa continue e fique ainda mais sólida.

  Todos nós temos a obrigação de ter como missão trabalhar neste "projecto" aliciante, mas de uma forma clara, transparente e REALISTA. Contudo, não nos devemos esquecer do velho, e sempre actual, ditado de que "ROMA E PAVIA NÃO SE FIZERAM NUM DIA".

Conforme dissemos há que se ser realista e deixar definitivamente de se pedir "Sol na eira e chuva no naval".

Nesta perspectiva para que este objectivo seja plenamente atingido teremos de ter sempre presente que a caminhada que teremos de percorrer continuará a passar, na nossa opinião, por uma contínua e, cada vez mais, acelerada mudança hábitos e de mentalidades, em particular daqueles que continuam a ver os aspectos menos positivos (alguns só começaram a "ver" após a criação do Concelho!) e que de tanto falar neles esquecem-se do que de bom se continua a fazer e sobretudo do que de excelente já se fez, tendo sempre presente a realidade actual do nosso País. NÓS ESTAMOS EM PORTUGAL!

Baseados nestes pressupostos à que ser receptivo a todas as opiniões e de se estar de boa fé, pois entendemos que são condições básicas para que o sucesso se concretize.

Esta ambiciosa, mas realista caminhada terá de ser, pensamos, de melhoria contínua, ou seja, terá de ser caracterizada pela soma de pequenas vitórias (que as temos tido), dia a dia e todos os dias, olhando-se em frente as novas etapas, cada vez mais difíceis de serem atingidas e agarrando-se as conquistas que se forem alcançando (e também as temos) de forma a não se perderem e para que se possa dar continuidade ao que de bom já se "conquistou".

Sabemos que é uma tarefa árdua e difícil. Mas é possível porque dispomos de um bom capital humano que se tem disponibilizado para se integrar neste "projecto", como afinal é apanágio das nossas gentes. Para que não hajam más interpretações, este capital humano não é só o Executivo Camarário, são TODOS os que se tem disponibilizado a trabalhar desinteressadamente pelo nosso Concelho.

Para aqueles que já abraçaram esta "metodologia" uma palavra de apreço. Aos ainda indecisos mais um apelo: juntem-se e trabalhem pelo prazer de colaborar na construção de algo que fará com que a nossa Aldeia, a nossa Freguesia e o nosso Concelho consigam continuar nos próximos anos a recuperar do enorme atraso que nos foi legado (convém não ter a memória curta, lembrando-nos apenas daquilo que nos "dá jeito"!).

É que muito embora tenhamos todas as condições para continuar a vencer os novos desafios que se avizinham num futuro próximo, estes não serão fáceis de serem ultrapassados com o sucesso que todos pretendemos. Contudo, se trabalharmos com convicção, estamos optimistas quanto ao resultado final, ou seja, conseguir-se-á alcançar o nosso principal objectivo: EXCELÊNCIA PARA O NOSSO CONCELHO.

Terminamos dizendo:

 

A TROFA AGRADECE!

Alberto Maia