Afé move montanhas e em maio move milhares de peregrinos ao Santuário de Fátima. Para lá chegarem, uma grande parte tem centenas de quilómetros pela frente, que percorrem a pé e com o apoio de associações como a Ordem de Malta. Mas, para prestar esta assistência no caminho até Fátima, a Ordem precisa de angariar fundos para reunir o material necessário, como medicamentos ou ligaduras.

Leia a notícia completa na edição 615 do NT, nas bancas até 29 de março.