É tempo para mais um aniversário, o nono, da Criação do Concelho da Trofa! Todos opinam sobre as vantagens e desvantagens da concretização do sonho, que muito demorou a concretizar, sem nunca falarem para quem foram as vantagens, quem lucrou e continua a lucrar e quem sofre com as desvantagens que é sem margens para dúvidas o Povo da Trofa que merecia muito mais e melhor.

  Os que opinam são de matriz variada para ficar bem no "ramalhete". São os que ainda detêm o poder, os que querem o poder, os que eram contra mas que já não são, os que eram do contra e continuam do contra, os que não eram do contra nem a favor mas que se abstiveram, os distraídos que não eram contra nem a favor nem se abstiveram mas que depressa passaram a fervorosos "amantes" da autonomia com uma militância extrema e um fundamentalismo do "afincadamente a favor" e que até pertenceram à Comissão. Ah?!?

No desfolhar das diferentes opiniões, algumas denotam algum saber e carinho pelo processo autonómico, mas outras sobressaem pelo total desconhecimento do que foi a luta da "Criação do Concelho" falando do que não sabem ou até escamoteando a verdade dos factos ou dizendo apenas parte da história, ocultando factos importantes e que fizeram tornar realidade o sonho de muitos e muitos Trofenses.

Outras opiniões surgiram, dando conta das mesmas realizações de sempre que enfeitam os festejos dos aniversários anteriores, da mesma maneira que enfeitaram este nono aniversário. Falta de ideias e fraca motivação faz com que até as palavras utilizadas sejam as mesmas que foram utilizadas nos aniversários anteriores. Nada se alterou, quase tudo está e continua a estar por fazer, mas essas opiniões deixam a nu a realidade no que respeita ao desenvolvimento de uma terra pois até alegam que a luta valeu a pena porque já temos saneamento e água ao domicílio, que se fizeram grandes avanços no desenvolvimento económico, no ambiente, na segurança e no ordenamento e que as acessibilidades são já uma realidade!?! Ai sim? Onde? A que Concelho se referem? À Trofa, de certeza que não é!

Pode-se enganar o Povo uma vez, duas vezes, três vezes, nove anos, mas não se engana o Povo toda a vida!

Os que lutaram, apaixonada e desinteressadamente, na primeira linha da Criação do Concelho da Trofa, nada receberam e nada têm do poder mas também nada querem do poder e até, pouco ou nadam, opinam. Quer se queira, quer não se queira e alguns até querem e lá vão conseguindo, "branquear" o passado, são eles os "pais" do Concelho da Trofa.

Esses sim, lá vão revivendo o passado num simples almoço, afastado dos holofotes e sempre com uma lágrima ao canto do olho, na esperança da realização em pleno, do sonho que se quer realidade e que teima em não chegar mas que só chegará quando a Trofa atingir o desenvolvimento e tenha a qualidade de vida que faça desta linda terra o "Melhor Concelho de Portugal".

Enquanto não chega esse dia tão desejado, festeja-se aquele fabuloso dia que largos milhares de Trofenses rumaram a Lisboa para "Ir buscar o Concelho", sempre na esperança de que virão melhores dias.

Mas que lindo dia foi aquele 19 de Novembro, de há nove anos atrás!

 

José Maria Moreira da Silva

moreira.da.silva@sapo.pt