Santo Tirso recebeu a terceira jornada do Troféu Regional de Ralis do Douro. O Rallye Santo Thyrso "conVida" disputou-se no passado sábado e ficou marcado pelas más condições atmosféricas, e como já bem sendo hábito, com a presença do tetracampeão nacional de ralis Armindo Araújo.

  Apesar da muita chuva que caiu, o público compareceu em força e deu um colorido diferente a um dia muito cinzento. O primeiro na estrada era Armindo Araújo, que com o seu habitual carro de treinos fez de carro zero e tinha sentado ao seu lado o Presidente da Câmara de Santo Tirso, Castro Fernandes, que já vem sendo "cliente" destas andanças.

A prova organizada pela Secção de Desportos Motorizados do Futebol Clube do Porto foi dominada totalmente por Júlio Bastos que, fazendo valer os muitos cavalos do seu BMW M3, não teve grandes dificuldades em carimbar a segunda vitória em Santo Tirso e no troféu. Bastos foi seguido por António Oliveira (Peugeot 205 GTI) que apesar de ter ganho uma especial, optou por segurar o segundo lugar, dada a perigosidade em que se encontrava o asfalto das especiais devido à muita chuva que caiu durante todo o dia. Filipe Leite, no seu Renault Clio Williams, conseguiu fazer bons "cronos" e assim garantiu o terceiro lugar final. José Vieira, apesar de dispor de uma viatura uns "furos abaixo" da concorrência, conseguiu levar o Citroen Ax GTI ao quinto lugar, o que lhe permitiu manter o primeiro lugar no troféu com 52 pontos, à frente de Júlio Bastos que tem agora 48.

O Rallye de Santo Thyrso contou também com uma prova extra (aberta a viaturas de Grupo A, Grupo N e também a Clássicos) que foi extremamente disputada, com a liderança a passar muitas vezes de mão, mas no final seria Américo Moreira, num Subaru Impreza, a vencer. David Silva, ao volante de um Fiat Punto terminou em segundo lugar e André Pimenta fechou o pódio no seu Skoda Fabia Rs.

 

Miguel Mascarenhas

Marco Monteiro