A JSD Trofa tem desde sexta-feira uma nova presidente: Sofia Matos. Esta jovem trofense venceu as eleições e substituiu Alberto Fonseca no cargo.

Tem 20 anos, vive em S. Martinho de Bougado, frequenta o 3º ano do curso de Direito da Universidade do Porto e, desde sexta-feira, é a nova presidente da JSD da Trofa. Sofia Matos foi a única a apresentar lista para estas eleições, porque “desde cedo” sentiu interesse pela vida política. “Vejo a política, antes de mais, como um meio para melhorar a vida dos que nos rodeiam, nomeadamente a dos jovens trofenses e creio que todos deveriam intervir activamente, para poderem reivindicar os seus interesses”, afirmou.

No momento de avançar com a candidatura, Sofia garante ter sentido “um grande apoio das pessoas” que a rodeiam, sobretudo da equipa com quem trabalha e da qual tem “imenso orgulho em pertencer”. “O facto de se tratar de lista única reflecte bem a união da JSD e a consensualidade na lista que encabecei e a ausência de votos brancos ou nulos reforçam isso mesmo. Trata-se efectivamente, do melhor grupo de trabalho que a JSD poderia ter neste momento. A nossa equipa está unida e simultaneamente alberga o saber dos mais experientes e a irreverência dos mais jovens, alguns dos quais, muito novos nestas lides”, acrescentou.

A jovem recorda que a JSD Trofa “sofreu nos últimos tempos um processo de regeneração, com numerosos novos militantes a vir ao encontro” desta juventude partidária.

Uma vez vencidas as eleições, Sofia Matos pretende dar “continuidade ao bom trabalho que a JSD tem vindo a desenvolver nos últimos anos no concelho e que sempre se pautou pela responsabilidade, pela coerência e também pela irreverência”. “Tudo o que por nós for diligenciado, será permanentemente em prol da Trofa e dos nossos jovens. É neles que centralizaremos a nossa atenção”, afiançou.

Sofia Matos está consciente “da responsabilidade” e garante que vai responder “com muita dedicação”. Entre as bandeiras defendidas pela social-democrata está a “defesa intransigente dos interesses dos jovens”. Sofia recordou o seu antecessor, Alberto Fonseca, que dizia que “a política só faz sentido quando através dela podemos melhorar o meio que nos rodeia”. “É exactamente isso que pretendo fazer: ajudar o concelho a progredir. Contribuir para que de alguma forma, a vida dos trofenses em geral, e dos jovens em particular, melhore a cada dia que passa”, asseverou a jovem.

Sofia Matos espera “aproximar os jovens da política” e, para isso, conta com o “o auxílio das redes-sociais” como o Facebook (http://www.facebook.com/jsd.trofa), e através do blogue www.jsdtrofa.blogspot.com.

A finalizar a entrevista, Sofia Matos volta a referir Alberto Fonseca, para sublinhar que conta com o seu “inquestionável apoio e incentivo”. Antigo presidente da JSD Trofa, Alberto Fonseca é o actual presidente da Mesa do Plenário.