Smed Fest reúne várias demonstrações artísticas em S. Mamede do Coronado.

Evento procura incentivar e valorizar a diversidade cultural. Concertos musicais, curtas metragens, fotografia, desenho, graffitis e artes circenses. Todas estas demonstrações artísticas vão estar reunidas num só local. Esta sexta e sábado, dia 4, pelas 20 horas, e dia 5, a partir das 16 horas, a freguesia de São Mamede do Coronado será palco do evento “Smed Fest – festival de música e de artes modernas”.

Apoiado pela Junta de Freguesia, este desafio é destinado às camadas mais jovens do Vale do Coronado, do município da Trofa e concelhos vizinhos. Durante o festival, para além das iniciativas culturais, a organização promove ainda ações de sensibilização social. Será distribuído material promocional sobre a associação Abraço e marcarão presença elementos da Associação para a Protecção do Vale do Coronado e da Associação Internacional de Temperança.

A última vai fazer demonstrações com medidores de monóxido de carbono e óculos simuladores de embriaguez. Ao nível da música, será apresentado um total de oito projetos de diferentes estilos, divididos em quatro por cada noite, privilegiando as bandas locais. A fotografia ficará a cargo de Pedro Duarte e nos graffitis, as mostras em telas gigantes será da responsabilidade de artistas conhecidos no panorama nacional, Doc & Anty. Em relação às atividades desportivas, será colocado um campo vedado para a atividade de paintball.

Para divulgar este evento, foi criado o movimento “Tás a sentir Smed?” que saiu à rua para levar junto da comunidade uma ideia do que será o festival. No Facebook, o Smed Fest já se espalhou graças ao vídeo promocional da música “ Smed em Fest” e dos vídeos da iniciativa “Fragunete Smed”.

Os interessados em participar nas atividades terão que comprar o bilhete de um dia no valor de três euros ou o bilhete de dois dias que custa cinco euros que se encontram à venda desde o mês de setembro.

Janine Mouta

{fcomment}