O Clube Slotcar da Trofa/GMLUX venceu, no último fim de semana, a 8ª edição da “Ninco World Cup”, sagrando-se campeão mundial. A cidade de Albufeira, no Algarve, foi o palco escolhido para acolher, pela primeira vez em território nacional, a 8ª edição da “Ninco World Cup”, que decorreu nos dias 22 e 23 de setembro.

O Clube Slotcar da Trofa foi uma das equipas presentes a representar Portugal, tendo conseguido “um feito histórico” ao sagrar-se campeão mundial na modalidade de slot, batendo a equipa de Barcelona, que, até ao momento, era a bicampeã. O conjunto trofense, composto por Ruben Almeida, Filipe Cruz e José Manuel Dias, contou com o apoio de Pedro Vieira e João Vilas Boas, que colaboraram em grande parte na mecânica e logística, permitindo a obtenção de um resultado que coloca uma vez mais “os trofenses na ribalta mundial da modalidade”.

Desde cedo, que a equipa percebeu que ia cumprir os objetivos traçados, depois de Filipe Cruz ter conseguido, na tarde de sábado, a “pole position”, que garantiu a escolha de “uma calha de saída favorável às pretensões e de acordo com a estratégia montada para esta competição”, que teve a duração de seis horas. Na prova, além de quatro equipas portuguesas, estiveram representantes de Espanha, Alemanha, Bélgica, Holanda, Andorra e África do Sul. 

A “excelente afinação do minimodelo”, de escala 1/32, da equipa trofense revelou-se “adequada ao traçado algarvio”, permitindo “um domínio completo e absoluto”, desde o arranque até a “bandeirada” final, batendo assim os bicampeões mundiais: a equipa de Barcelona, Palau.

Na consagração, a equipa trofense foi felicitada pelos espectadores presentes, bem como pelas outras equipas participantes e associados do clube. Já na Trofa, os campeões foram parabenizados por amigos e familiares, pelo feito que alcançaram, através das redes sociais e mensagens. Para Filipe Cruz, ser campeão do mundo em slot é “uma sensação única” que vai de encontro ao sentimento de “dever cumprido”, tendo em conta que a equipa já espera por “um resultado desta envergadura há já alguns anos”.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

{fcomment}