“A crise também se instalou na nossa associação”. Quem o afirma é Conceição Leitão, diretora pedagógica da APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental – da Trofa, que espera ultrapassar esta situação “com vontade, perseverança e a ajuda dos amigos”. É o caso da missão solidária que o Clube Slotcar da Trofa promove este sábado. A partir das 12 horas há porco no espeto e a partir das 17 horas há atividades, “desde música à atuação do Rancho da APPACDM da Trofa”. Até às 20 horas, tudo o que for consumido na sede do Slotcar vai “reverter na totalidade para a causa desta instituição”.
O presidente do Slotcar da Trofa, João Pedro Costa, contou que o Clube “cedeu as instalações e ofereceu um porco no espeto para que possa ser comercializado pela APPACDM”. “Quem vier ao clube fazer a sua refeição, entre as 12 e 20 horas de sábado, têm à sua disposição porco no espeto, caldo verde ou outros alimentos e as verbas revertem na íntegra para a APPACDM”, explicou.
João Pedro Costa referiu que “quanto maior a ação das associações, mais difícil se torna em termos estruturais a gestão das associações”, considerando a “APPACDM um exemplo”, porque tem “muitos colaboradores, mais de 40, e não voluntários” e “ajuda pessoas com carências profundas e com uma necessidade de acompanhamento muito grande”. “A Trofa tem sido solidária e tem estado atenta, mas é preciso fazer-se mais, porque os períodos que vivemos são de muitas carências e com cada vez menos apoios para este tipo de instituições, daí ter que haver uma redobrada atenção da população porque nunca sabemos quando podemos precisar delas”, apelou.
Para Conceição Leitão, esta iniciativa “é de louvar”, porque o “clube olha para eles com um olhar solidário, o que é muito positivo não só na ajuda que dão com o dinheiro que se irá realizar, mas também é compensatório porque é um incentivo para o trabalho”.
“A APPACDM será sempre reconhecida e muito grata a todos aqueles que têm vindo a acreditar em nós e ao longo deste tempo nos têm estendido a mão. Muito obrigada”, agradeceu.